Benefícios da gestão visual do chão de fábrica

O conceito de Manufatura Avançada, chamada por muitos de a 4ª Revolução Industrial, está cada vez mais presente na rotina das indústrias com o objetivo de criar fábricas inteligentes utilizando recursos como Internet das Coisas, Big Data, sistemas cyber-físicos, entre outros.

Para a implantação desse conceito, é altamente necessária a integração da informação por meio de sistemas inteligentes, com os quais as máquinas possam se comunicar. E é neste contexto que é percebida a importância da gestão visual do chão de fábrica, também conhecida por visual shop floor.

Ela é fundamental para o gerenciamento operacional do dia a dia dos processos produtivos. “Por intermédio dessa gestão, temos a possibilidade de acompanhar em tempo real o status das atividades e operações utilizando gráficos, imagens e esquemáticos que representam e virtualizam o processo produtivo”, explica Jefferson Melo, coordenador de projetos do Centro de Produção Cooperada da Fundação CERTI.

Continue por dentro dos assuntos relacionados às melhores práticas de gestão industrial e à Manufatura Avançada. Faça seu credenciamento gratuito na Expomafe agora mesmo.

Essas informações, em geral, são dispostas em dashboards ou telões, visualmente acessíveis a todos os colaboradores para que eventuais desvios em relação ao planejamento sejam rapidamente identificados e minimizados.

A seguir, conheça mais sobre os benefícios e aplicação da gestão visual do chão de fábrica.

A aplicação da gestão visual do chão de fábrica na indústria

A gestão do chão de fábrica permite uma maior capacidade de acompanhamento da produção por parte de líderes e gerentes que, por sua vez, têm um acesso imediato ao status de cada linha.

No entanto, para isso acontecer, é necessário que existam sistemas de informação que possibilitem a coleta de dados dos processos. Esses aparelhos podem utilizar sensorialmente soluções de Internet das Coisas, comunicação máquina-máquina, além da integração da informação gerada durante a rastreabilidade dos processos. “O Sistema de Gerenciamento da Informação Fabril – PIMS (Plant Information Management System) desenvolvido pela Fundação CERTI, por exemplo, permite este tipo de integração com diferentes sistemas e equipamentos, atuando como um agregador de todos os dados gerados durante a operação da fábrica. Estes dados, então, podem ser organizados e tratados de maneira inteligente para a geração dos dashboards de gestão visual”, enfatiza Melo.

Benefícios da gestão visual do chão de fábrica

Cabe ressaltar, também, nesse processo de chão de fábrica que o constante monitoramento auxilia na redução do desperdício, uma vez que alarmes podem impedir a continuidade da produção de produtos com defeitos, o que minimiza o erro e melhora a qualidade do produto que é entregue ao consumidor posteriormente. Esses indicadores podem ser controlados mediante painel digital ou via internet.

Outro ponto importante desse processo está relacionado à eficiência, já que esse tipo de gestão auxilia na redução do tempo das paradas e acelera o setup das máquinas e das linhas. Isso permite que elas permaneçam por mais tempo em operação e fornecendo informações confiáveis, dando maior rapidez a reações que precisam ser mais ágeis e, portanto, favorecendo um processo de tomada de decisões mais assertivo.

A gestão visual do chão de fábrica é uma ferramenta que pode trazer diversos benefícios para a indústria fabril. Trata-se de um recurso que torna problemas mais visíveis e o trabalho e a padronização de processos mais facilmente executáveis, o que pode contribuir para manter a competitividade de sua indústria, sobretudo em momento de instabilidade e recuperação do mercado.

Você quer obter mais dicas de gestão do chão de fábrica? Então continue acompanhando o nosso canal de conteúdo! 

Compartilhe nas redes sociais!