A realidade por trás da filosofia do Man and Machine

Man and machine

Foi com muita satisfação que aceitamos o convite para assinar esta coluna mensal. Para você que está iniciando a leitura, vamos colocar aqui, ao longo de uma série de artigos, informações preciosas sobre o tema Man and Machine. Serão abordadas as mais recentes e importantes informações sobre automação, as dificuldades enfrentadas e as principais soluções para diversas questões relacionadas a esse assunto.

O mundo da automação vem mudando rapidamente. Internet das coisas (IoT), Indústria 4.0, a colaboração homem-robô, tudo isso são megatendências que apontam o caminho do futuro e estão redefinindo a performance da produção, impulsionando a inovação para atender ou mesmo exceder as necessidades da indústria e mudando o valor de referência tecnológico.

A nova geração de máquinas deverá trabalhar para o homem e com o homem, lado a lado, de forma segura e ao mesmo tempo aumentar a produtividade da manufatura. E é exatamente isso que vamos abordar em nossas edições: manufaturas inteligentes, eficientes, econômicas e de altíssima produção, isso é, o mundo ideal para toda e qualquer empresa que quiser se manter competitiva globalmente.

Todas essas megatendências, ou mesmo megarrealidade, foram abordadas durante a mais importante feira do setor de automação, a Automatica 2016, em Munique, em junho/2016. Os visitantes puderam vivenciar a realidade por trás da filosofia do Man and Machine.

Um dos pontos fortes da edição foi a apresentação da série de robôs TX2 da Stäubli, que cobre todas as fases da interação homem-máquina (MRC, Men Robot Colaboration), podendo atuar com segurança ao lado de pessoas, compartilhando espaços de trabalho e/ou tarefas e ainda estar apto a operar em altíssimas velocidades, isso é, alterando seu comportamento de acordo com a cooperação exigida, logo respondendo a altos volumes de produção. Tudo isso somente é possível pois esses robôs possuem safety encoders dedicados com uma placa de segurança integrada em conformidade com os rigorosos requisitos da categoria de segurança SIL3 / PLe.

Esses robôs foram apresentados operando como parceiros da força de trabalho humana dentro de um ambiente real inteligente (Smart Factory) provando que a Indústria 4.0, a Internet das Coisas e a interação homem-robô são uma realidade e é exatamente isso que a Stäubli irá levar para a edição da Expomafe 2017.

A interação com as mais novas tecnologias, processos de produção mais transparentes e eficientes, a manipulação de dados na nuvem e a comunicação em tempo real permitindo aos usuários monitorar e até mesmo influenciar remotamente seus processos fazem parte do conceito de Man and Machine que serão explorados nesta coluna.

Man and machine

Compartilhe nas redes sociais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *