Saiba como conseguir financiamento do BNDES para manufatura avançada

Empresários brasileiros pedem mais incentivos fiscais e financeiros para modernização do parque nacional de máquinas e afirmam faltar programas de incentivos por parte do governo. O diretor de tecnologia da Abimaq (Associação Brasileira de Máquinas e Equipamentos), João Alfredo Delgado, entretanto, afirma que existem propostas governamentais de melhoria da produtividade econômica e de renovação do parque industrial. “De retirada de máquinas mais antigas do mercado”. O projeto contempla um programa de crédito junto ao BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) com juros mais baratos.

São dois os programas do BNDES de incentivo a Manufatura Avançada: “programa de apoio ao desenvolvimento do setor de bens de capital (BNDES ProBK)” e o “BNDES Fundo Tecnológico (BNDES Funtec)”. O primeiro programa visa incentivar o aumento da capacidade produtiva e da prestação de serviços, modernização instalações, fusões e aquisições, além de inovações no setor de bens de capital.

A proposta do BNDES Funtec é apoiar financeiramente projetos que estimulem o desenvolvimento tecnológico e a inovação de interesse estratégico para o País, conforme programas e políticas públicas do Governo Federal. Um detalhe importante é que o programa dispõe de recursos limitados, por isso, os projetos candidatos a financiamento são avaliados sob quatro os critérios de priorização:
a. Os desafios tecnológicos envolvidos;
b. O grau de ineditismo;
c. A aplicação potencial da tecnologia em outros setores;
d. O grau de credibilidade da instituição e da equipe.

Como pedir financiamento
Os pedidos para obter apoio com recursos do BNDES Funtec devem ser encaminhados via Roteiro do Projeto Funtec, QUF do Projeto Funtec e dos Anexos ao Roteiro do Projeto Funtec. Os três documentos, devidamente preenchidos, deverão ser enviados em meio eletrônico para o endereço funtec@bndes.gov.br.

Para rápida identificação, o campo “Assunto” do correio eletrônico deverá ser preenchido da seguinte forma “Foco – Nome do Projeto – Nome do cliente”, sendo:
• Foco – disponível nesta página;
• Nome do projeto – máximo de 20 caracteres; e
• Nome do cliente – máximo de 20 caracteres (IT ou IA, conforme o caso).
Os Anexos ao Roteiro do Projeto Funtec, devidamente preenchidos, deverão ser encaminhados em versão original impressa, em envelope com a seguinte identificação:

Fundo Tecnológico – BNDES Funtec
Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social – BNDES
Área de Planejamento – AP
Departamento de Prioridades e Enquadramento – DEPRI

O envelope deverá ser entregue diretamente no protocolo do BNDES (em qualquer uma de suas representações) ou enviado para o endereço a seguir indicado:
Avenida República do Chile, 100 – Protocolo – Térreo
Rio de Janeiro, RJ – CEP 20031-917

Compartilhe nas redes sociais!