Gestão

Softwares para produção industrial: saiba por que investir

Embora o emprego correto dos chamados softwares para produção industrial possa otimizar o processo produtivo da indústria, além de garantir vantagens competitivas importantes, muitas vezes, os investimentos nesse tipo de tecnologia não são realizados em grande escala pela falta de conhecimento dos gestores em relação às suas funcionalidades e por cases isolados de insucesso.

Mas quando o assunto são as vantagens desses programas para o ciclo produtivo da indústria, não há como negar que a lista é grande. Entre as principais, destacam-se:

  • Rastreabilidade para o comercial e gerência de produção com informação em tempo real;
  • Análise de produtividade de funcionários, equipamentos e centros de trabalho;
  • Sequenciamento de ordens;
  • Integração com estoques;
  • Dados para custos e qualidade;
  • Medição de rejeitos;
  • Maior assertividade para visualização dos gargalos;
  • Medição de tempos de setups.

Diego Mariano de Oliveira, CEO da BirminD, empresa de otimização industrial, afirma que a determinação dos softwares para a produção industrial depende muito da maturidade da indústria. Isso porque existem setores que já possuem um parque industrial bastante automatizado e, por conta disso, são capazes de utilizar sistemas MES (Manufacturing Execution Systems). Entretanto, fábricas com pouca automação, ou cujo parque industrial não possui uma rede centralizada de comunicação, gerando ilhas tecnológicas, precisam começar com um SCADA (Sistema Supervisório) e, depois, migrar para soluções mais robustas.

“Em resumo, existem muitos softwares para a produção industrial no mercado, mas ainda cabe ao gestor entender o nível de maturidade de sua empresa antes de comprá-los para  não acabar subutilizando-os. Fábricas com softwares de qualidade, capazes de transformar dados em inteligência, se tornam mais produtivas, menos complexas de operar e, ao ganhar competitividade, são capazes de se manter relevantes no mercado”, ressalta.

Vantagens dos softwares para produção industrial

Melhoria no controle dos processos

Com a utilização de softwares para a produção industrial, todos os processos ficam suportados e controlados por ferramentas informatizadas. As operações são registradas, e o fluxo da informação e das atividades é monitorado.

Por exemplo: o estoque no almoxarifado é incrementado e disponibilizado para a área produtiva utilizar o suprimento. A área de manufatura manipula esse insumo, e a de vendas pode vender o produto acabado que foi produzido. Todas essas atividades estão interligadas e registradas, o que favorece uma maior otimização dos recursos e precisão na realização dos processos.

Diminuição dos retrabalhos

Fazendo uso de softwares para produção industrial, há uma redução bastante significativa do retrabalho. A informação flui pelos diversos setores da empresa sem que haja manipulação e alteração dos dados. Trabalhos repetitivos são sistematizados, disponibilizando recursos humanos para outras tarefas mais sofisticadas e estratégicas para a empresa.

Confiabilidade das informações

Como as informações não são mais manipuladas, a confiabilidade aumenta. A transferência dos dados para os órgãos fiscalizadores é mais prática, e a possibilidade de erros diminui. Todos os registros de produção ficam disponíveis, facilitando o envio.

Manufatura modular

Atividades das máquinas podem ser alteradas com facilidade. Dessa forma, os processos produtivos se tornam ainda mais flexíveis, permitindo a estruturação de módulos para atender a demandas específicas. Por exemplo, o lançamento de novos produtos e as alterações de fórmulas existentes se tornam mais rápidas de configurar nos sistemas.

O porta-voz da BirminD finaliza explicando que “todo gestor deve saber do poder que reside na informação. Por meio dela, é possível tomar as melhores decisões, ganhar competitividade e, também, reduzir custos. Este é o cerne da Manufatura Avançada. Apesar de ser um tema recorrente, o fato é que só é possível gerar inteligência se existir o dado. Dessa forma, é de suma importância que a base tecnológica seja bem construída e o dinheiro aplicado nessas tecnologias seja um investimento, e não um gasto. Por isso, gestores munidos de informações robustas são capazes de tomar decisões mais assertivas, retirando esforços desnecessários de funcionários e criando um ambiente em que se atua proativamente na melhoria dos processos, tanto para quem gerencia quanto para quem executa as tarefas”, finaliza.

Sua indústria já utiliza algum software para a produção industrial? Conte a sua experiência nos comentários abaixo e continue  acompanhando o nosso canal de conteúdo. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *