Gestão, Inovação, Oportunidades

5 impactos causados pela inteligência artificial na indústria

A inteligência artificial (IA) é uma tecnologia que proporciona sistemas com capacidade de raciocínio e habilidade para lidar com problemas de forma autônoma. Atualmente, ela é uma das bases da Manufatura Avançada (Indústria 4.0), uma vez que colabora para o aumento da produtividade das empresas.

O recurso tem sido usado de diversas formas. “O gerenciamento de fila, por exemplo, é algo que tem ajudado muitas empresas a atender a demanda do mercado aliada aos itens disponíveis em estoque e à capacidade de suprimento dos fornecedores. Tudo isso gera uma grande quantidade de informações que são analisadas e ajudam na tomada de decisão”, esclarece Cleyton Ferreira, CTO do UOL DIVEO.

Quer entender melhor os benefícios gerados pela inteligência artificial na indústria? Confira os detalhes abaixo:

1. Maior qualidade nos produtos

De acordo com Ferreira, o primeiro grande impacto positivo da inteligência artificial na indústria está relacionado à qualidade da produção. “Passamos a ter produtos com menos defeitos, que seguem à risca as especificações.”

Além disso, a tecnologia diminuiu a margem de tolerância e a quantidade dos descartes. Assim, os produtos apresentam uma taxa menor de rejeição, tanto por parte do controle de qualidade quanto por parte dos consumidores.

“Em muitas linhas, máquinas já são capazes de corrigir itens em fila de produção e interagir com sistemas de vendas e estoque, a fim de tomar decisões sobre bens a serem produzidos ou priorizados, além de ajudar os seres humanos a tomarem essa decisão”, complementa.

2. Diminuição de custos

A Manufatura Avançada (Indústria 4.0) de uma forma geral acarreta numa grande redução de custos para as empresas. E a inteligência artificial é uma das grandes responsáveis por isso.

“Com máquinas que exigem cada vez menos intervenção humana, passamos a ter grandes plantas fabris com um menor número de pessoas e muito mais produtividade em função das tecnologias e algoritmos de IA usados.”

Além disso, o aumento de qualidade gerado pela tecnologia colabora para diminuir custos, uma vez que a matéria-prima é melhor aproveitada.

Por fim, as paradas das máquinas decorrentes de erros e de manutenções são muito menores e, muitas vezes, inexistentes, evitando um dos grandes gargalos que aumentam as despesas das fábricas atualmente.

3. Maior produtividade

Este é outro grande benefício da Manufatura Avançada (Indústria 4.0) de forma geral. A inteligência artificial propicia máquinas inteligentes,que conseguem produzir por horas adicionais ao mesmo tempo em que evitam paradas. “Algoritmos de predição dizem o momento exato de se fazer as interrupções. Com menos paradas, temos maior produtividade e crescimento da receita”, afirma o especialista.

4. Correções inteligentes e automatizadas

A inteligência artificial é caracterizada justamente pelo seu aprendizado com base na experiência. Dessa forma, Ferreira explica que as máquinas inteligentes geram eventos e passaram a analisá-los para provocar autocorreções quando necessárias ou, até mesmo, instruir as áreas de manutenção. Com isso, a indústria sabe exatamente o momento de se fazer uma manutenção preventiva com o intuito de trocar peças e, assim, impactar o mínimo possível a produção.

“Como ilustração, temos um automóvel que faz manutenção de 10 mil em 10 mil km. Mas dependendo do combustível utilizado, a revisão deveria ser feita com 8 mil km para aqueles que andam em terrenos mais acidentados e usam combustíveis de baixa qualidade, ou mesmo com 15 mil km para aqueles que fazem um percurso mais urbano”, exemplifica.

5. Geração de dados para a tomada de decisões

A inteligência artificial permite analisar dados importantes e realizar simulações e testes antes de serem implementados.

“A gestão de suprimentos consegue ser feita baseada em dados que vão desde a época do ano, levando em consideração sazonalidade, até a cadeia de suprimentos e força comercial. Os algoritmos gerados ainda podem influenciar na criação de produtos ou no método de produção, melhorando a receita e diminuindo custos.”

Com isso, a tomada de decisão deixa de ser baseada apenas na intuição e passa a ser apoiada por dados, tornando a efetividade e agilidade de adaptação muito maiores.

“Também é possível aumentar a utilização de plataformas inteligentes de machine learning remotas para o consumo de recursos de forma escalável, tornando as possibilidades ainda maiores”, conclui Ferreira.

A inteligência artificial já faz parte de algum processo da sua indústria? Compartilhe com a gente a sua experiência e continue acompanhando o nosso canal de conteúdo.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *