A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Ganhos na indústria com a manufatura digital

Ganhos-na-industria-com-a-manufatura-digital.png
Competitividade e produtividade são as palavras chaves para determinar o sucesso de uma indústria.

Competitividade e produtividade são as palavras chaves para determinar o sucesso de uma indústria. Para isso, ter como aliado soluções tecnológicas é um passo importante para aqueles que querem ter bons resultados. Isso se traduz em redução de custos, tempo de produção e produtos com qualidade superior. Hoje, quando se fala em inovação na indústria, a manufatura digital - ou 4.0 - é o que se tem de mais promissor.

 A partir da aplicação de tecnologias nos processos produtivos, é possível integrar sistemas e todo o processo da cadeia de produção para potencializar a eficiência e gerar mais lucratividade.  Isso ocorre porque a manufatura digital está apoiada nas principais tecnologias ligadas à prevenção de problemas no processo produtivo e sua cadeia de suprimento, como Big Data, inteligência artificial (IA) e machine learning.

Os resultados alcançados com a manufatura digital estão relacionados aos seus três pilares: conectividade, automação e inteligência. A conectividade representa o fluxo de informações em tempo real que chegam aos gestores e facilitam o processo de tomada de decisão, além de possibilitar a comunicação máquina-máquina. Já a automação diz respeito às tecnologias para tornar os processos mais eficientes, seguros e com qualidade, como o uso de robôs no chão de fábrica. A inteligência, como o próprio nome sugere, está ligado à inteligência artificial como uma ferramenta para realizar análises e auxiliar na tomada de decisão de forma preventiva.

Todo esse conjunto de tecnologias possibilita muitos ganhos às indústrias que implementam a manufatura digital nos seus processos: diminuição dos custos de produção, planejamento mais eficiente, otimização dos processos de manufatura, acompanhamento das informações, modernização do chão de fábrica, integração e automatização com o sistema. Porém, para que esses benefícios sejam concretos, antes de sair implantando, o ideal é fazer um planejamento, simulações e validações, que permitam conhecer o real impacto da adoção da tecnologia na melhoria do negócio da empresa. 

Para implementar a manufatura digital dentro da indústria, é preciso estar atento a alguns detalhes: 

  • Grau de maturidade da indústria: para entender os próximos passos na implementação do processo de manufatura digital, fazer um diagnóstico e entender o grau de maturidade da empresa é fundamental. Assim será possível identificar os setores ou gargalos que precisam de mais atenção.
  • Sistema de conectividade: comece conectando objetos físicos e máquinas aos poucos e vá aumentando gradativamente. Para aumentar a visualização e a transformação, investir em gerenciamento de dados em nuvem é uma excelente estratégia.
  • Tecnologias avançadas: invista em tecnologias avançadas para potencializar o processo de manufatura digital, como Big Data, IoT, IA.
  • Testar: esse processo de transformação da indústria envolve um custo alto, por isso testar é a palavra chave para que não haja gastos desnecessários e o processo seja mais otimizado.
  • Além de estar atento às fases da indústria 4.0: visibilidade, transparência, previsibilidade e adaptabilidade.

ganhos-na-industria-manufatura.png
*figura originalmente publicada pela acatech study

Esse investimento precisa ser feito o mais rápido possível para que a indústria consiga alcançar níveis de excelência e se mantenha competitiva. Engana-se quem pensa que a manufatura digital é um algo a mais no chão de fábrica, ela se tornou estratégica e quem ainda não investiu está muito atrasado.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar