Indústria 4.0 by TOTVS

Como se planejar para investir em Indústria 4.0 em 2019?

O mundo inteiro está vivendo uma transição para a Indústria 4.0. Isso significa que as mudanças já estão acontecendo – portanto, ficar de fora não é uma opção.

Ao mesmo tempo, o cenário para “virar a chave” e adotar a Indústria 4.0 aqui no Brasil não é tão simples assim. Os entraves e os desafios são maiores, especialmente para as indústrias de pequeno porte, que não contam com um poder de investimento tão grande.

Como fazer, então, para implementar essas novas tecnologias e, ao mesmo tempo, gerar retorno para o negócio? Siga com a leitura deste artigo e comece a se preparar o quanto antes.

Planejamento e priorização

A Indústria 4.0 demanda a adoção de tecnologias e sistemas que permitam tornar a indústria mais autônoma por meio da coleta de dados. Com isso, é possível monitorar os processos, tomar decisões ágeis e certeiras e atuar de forma mais consistente na manutenção preditiva.

No entanto, isso não significa que todo o parque industrial precisa ser desconsiderado e, portanto, não há a necessidade de começar do zero.

“O ciclo de implementação e testes deve ser realizado com problemas pequenos e bem definidos, sendo ampliados gradativamente. Encontrar equipe com experiência ajuda muito no processo”, recomenda Douglas Vieira, CEO da Enacom.

Com isso, o primeiro passo para iniciar a transação está em levantar os principais gargalos do negócio. A partir daí, é possível elencar as prioridades e direcionar os investimentos, assim, o próprio retorno obtido com as primeiras mudanças poderá financiar os próximos passos em direção à Indústria 4.0.

As máquinas não precisam ser trocadas

Outro ponto que costuma causar bastante confusão quando o assunto é a Indústria 4.0 está na crença de que todas as máquinas precisarão ser trocadas.

Tenha em mente que a automação não é algo novo na indústria, portanto, esse momento é o de dar um passo além neste tipo de tecnologia.

Nesse sentido, muitas das máquinas podem ser adaptadas ou aprimoradas por meio da instalação de sensores e sistemas. Com isso, é possível tornar a comunicação mais integrada e garantir um fluxo rápido de dados – e essa já é uma mudança bastante significativa para as pequenas empresas que precisam adotar a Indústria 4.0.

Foco na coleta e no uso de dados

Vale ressaltar que a Indústria 4.0 não se trata pura e simplesmente do uso de tecnologia. Pelo contrário, essas ferramentas são um meio para que seja possível coletar, organizar e transformar dados em inteligência e vantagem competitiva.

Imagine que, nessa nova era, quem conseguir deter a informação e usá-la a favor do negócio conseguirá se destacar no mercado. Portanto, é fundamental ter em mente que o processo precisa ser pautado de forma a suportar a tomada de decisões.

“As primeiras ferramentas podem ser focadas no suporte à decisão, de forma a ajudar o decisor em situações complexas de grande valor agregado“, complementa Vieira.

Assim, muito mais do que investir em tecnologia apenas pela tecnologia, direcione os esforços de acordo com o benefício e uso que aquela ferramenta específica trará.

Considere, também, os Recursos Humanos na Indústria 4.0

Por fim, não poderíamos deixar de fora outra grande confusão gerada pela transformação para a Indústria 4.0: a ocorrência ou não das demissões em massa.

Assim como em outros momentos da história, vamos passar por mudanças de forma gradativa, e isso significa que há tempo hábil para adaptação. Ao mesmo tempo, algumas funções, principalmente as mais operacionais, deixarão de existir e migrarão para outras atividades, que exigirão habilidades mais analíticas.

Tudo isso significa que, provavelmente, viveremos um momento de escassez de mão de obra qualificada, e, principalmente para as indústrias pequenas, contratar esses profissionais no mercado pode exigir investimentos altos.

Nesse sentido, incluir a capacitação dos colaboradores no projeto de adoção da Indústria 4.0 faz toda a diferença. Por isso, tenha em mente que, muito mais do que equipamentos modernos, a transição exige planejamento e alocação de recursos nos locais certos!

E você, já está preparando o seu negócio para a Indústria 4.0? Ficou com alguma dúvida? Escreva pra gente pelos comentários e até a próxima!

Totvs_voz da industria

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *