Indústria 4.0 by TOTVS

Comunicação M2M na Indústria 4.0 – por uma produção mais autônoma

A comunicação M2M, ou Machine to Machine, está ganhando cada vez mais força com a Indústria 4.0. Afinal, esta é mais uma daquelas tecnologias que permitem automatizar processos e tirar as tarefas repetitivas da responsabilidade de pessoas.

Continue com a leitura deste artigo e entenda melhor o que é a Comunicação M2M e como ela colabora para a Indústria 4.0.

O que é Comunicação M2M?

“Machine to machine (M2M) é um conceito que descreve qualquer tecnologia que permite que dispositivos em rede troquem informações e executem ações sem qualquer intervenção manual de humanos”, explica Alessandro Nunes, diretor de serviços da Teclógica.

O especialista explica que o principal objetivo da tecnologia é acessar dados de sensores e transmiti-los a uma rede. Dessa forma, é possível conectar virtualmente tudo à internet, tornando a indústria totalmente digitalizada.

Em resumo, a Comunicação M2M utiliza um sensor remoto para coletar dados do fenômeno desejado. Os dados, então, são enviados para uma rede, sem a necessidade de fios, onde são roteados para um servidor conectado na internet.

Ao chegar nessa estação, os dados são processados e analisados e, então, podem ser usados para a finalidade a qual se destinam.

Como adotar a tecnologia

Uma Comunicação M2M é basicamente composta por sensores, RFID, um link de comunicação celular ou Wi-Fi e software de computação autônomo programado para interpretar dados e tomar decisões.

Nunes ressalta a importância de investir em capacitação das equipes e em um maquinário atualizado para implementar esta tecnologia da Indústria 4.0. Afinal, esta deverá ser uma mudança gradativa na indústria, e é necessário difundir uma cultura de inovação interna.

“Passada essa fase, segue-se para os requisitos técnicos, como adoção de sensores. Esses aplicativos M2M traduzem os dados, que podem acionar ações automatizadas pré-programadas”.

As vantagens da Comunicação M2M

“Além de poder monitorar remotamente equipamentos e sistemas, os principais benefícios incluem a redução de custos, minimizando a manutenção de equipamentos e o tempo de inatividade”.

Ele complementa com o fato de a Comunicação M2M também ajudar a impulsionar a receita, uma vez que revela novas oportunidades de negócios, desde o desenvolvimento de novos produtos até a manutenção do relacionamento com o cliente. “A tecnologia ainda atua para monitorar e consertar proativamente o equipamento antes que ele apresente alguma falha”.

Quando falamos de reabastecimento de produtos, a Comunicação M2M pode, por exemplo, enviar uma mensagem ao distribuidor avisando que o item está com estoque baixo.

Ela ainda pode se tornar fundamental para a logística, controlando e gerenciando o processo de forma remota para que ele se torne mais otimizado.

De forma geral, a Comunicação M2M é um passo a mais na tecnologia no ambiente industrial. Com ela, sensores e máquinas podem ser conectados diretamente ao ERP, e tudo isso sem a intervenção humana.

Justamente por ter tantas aplicações, o futuro da Comunicação M2M é bastante promissor, especialmente quando se trata da Indústria 4.0. O fato de a tecnologia aproveitar as redes existentes ainda a torna mais flexível. Por isso, ela pode ser utilizada para diversas finalidades.

E você, como vê a Comunicação M2M na Indústria 4.0? Conte pelos comentários e até a próxima.

Totvs_voz da industria

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *