Indústria 4.0 by TOTVS

Importância do ERP no processo de digitalização da indústria

O ERP (Enterprise Resource Planning / Sistema de Gestão Empresarial) é um dos primeiros e mais importantes passos para digitalizar a empresa na Indústria 4.0. Afinal, ele colabora para uma visão mais integrada da indústria e, assim, permite otimizar ações e investimentos.

Além disso, o ERP é fundamental para obter informações em tempo real, ideal para manter alta a produtividade em um mercado tão competitivo. Quer entender melhor como essa ferramenta se tornou tão importante para a Indústria 4.0? Acompanhe.

O primeiro passo para a Indústria 4.0 

A Indústria 4.0 não é uma tendência passageira. A grande maioria das empresas já está se adaptando e investindo em tecnologias para tornar os processos mais rápidos e eficazes. Dessa forma, os custos são menores e a competitividade é muito maior.

“O papel da Indústria 4.0 é tornar o setor cada vez mais inteligente por meio da tecnologia e, assim, reduzir os custos. Nessa jornada, o ERP atua como protagonista com soluções de gestão cada vez mais digitais, inteligentes e autônomas”, explica Guy Holland, CEO da Integrarti.

De acordo com o especialista, a Inteligência Artificial é um grande exemplo disso. Base da Indústria 4.0, a tecnologia tem gerado altos ganhos de produtividade e agilidade na manufatura, “além de soluções Cloud, Big Data, e impressoras 3D, que têm proporcionado formas de produzir e entregar sem a necessidade de grandes estoques, perdas de materiais, maquinários, entre outros”.

Por que o ERP é tão importante

O ERP tem se tornado uma ferramenta indispensável. Inclusive, pequenos negócios já identificam a importância em investir em uma tecnologia do tipo para tornar os processos mais eficazes e melhorar sua participação do mercado.

“O ERP é, hoje, uma ferramenta indispensável, não só para o controle e gestão das empresas, mas para propiciar redução significativa de custos por meio de uma visão ampla e, ao mesmo tempo, minuciosa dos processos”, complementa Holland.

Para o profissional, o ERP colabora para aumentar a competitividade do negócio, uma vez que propicia agilidade na tomada de decisão, maior conformidade com entregas fiscais, integração entre as áreas da empresa, entre outros benefícios.

As vantagens do ERP para a indústria

“O ERP é o principal contribuinte para redução de custos nas indústrias, seja pelo controle preciso de máquinas, pessoas, horas trabalhadas, matérias-primas, estoque, até a gestão do uso de energia, água e insumos”, diz Holland.

Além do benefício mais conhecido de integrar todos os processos da indústria, o ERP conta com outras vantagens para o negócio. Com o seu uso, por exemplo, é possível organizar, melhorar a gestão e, inclusive, aumentar a segurança da informação.

Tenha em mente que a Indústria 4.0 e as novas tecnologias vão aumentar cada vez mais a quantidade de dados dentro de uma indústria – e, nessa nova era, a informação será extremamente valiosa para garantir a sobrevivência de um negócio. Por isso, muito mais do que ter acesso a ela, saber como filtrá-la, analisá-la e protegê-la é fundamental.

Com um sistema ERP, é possível ter acesso a painéis com todas as informações importantes já em um formato que facilite a tomada de decisões. Dessa forma, os dados ficam centralizados e acessíveis para a gestão, aumentando a assertividade e a velocidade para reparar problemas e detectar oportunidades.

Muito além da alta gestão

Não se engane, porém, ao achar que o ERP é uma ferramenta que beneficiará apenas a gestão na Indústria 4.0. O sistema é pensado, justamente, para integrar toda a empresa.

“Os softwares de gestão integram as áreas da empresa e são responsáveis por compilar as informações geradas por elas, transformando dados em estratégias. A integração promovida pelo ERP proporciona, também, uma comunicação muito mais precisa, respostas em tempo real, segurança de dados e agilidade na tomada de decisão, aumentando a competitividade da indústria”, complementa Holland.

Está convencido de que não investir em um ERP representa uma enorme perda para a sua indústria? Como o seu negócio se beneficia dessa ferramenta? Conte pra gente pelos comentários e até a próxima. 

Totvs_voz da industria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *