A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Realidade 4.0: último dia da Indústria Xperience foca em tecnologia para transformar

indústria xperience - dia 3.png
A era do 4.0 não é mais parte do cenário do futuro. A indústria 4.0 já é uma realidade e entender as possibilidades desse momento foi o tema do último dia de lançamento da Indústria Xperience.

O último dia de lançamento da plataforma Indústria Xperience teve um fio condutor: a tecnologia. Reunindo especialistas em soluções tecnológicas para o setor industrial, os pilares da indústria 4.0 e as estratégias necessárias para colocá-los em prática foram o grande tema do dia, que encerrou o evento digital de três dias. Ao longo dessa semana, foram mais de 30 horas de conteúdo inédito e relevante, com discussões ao vivo entre palestrantes e público, para reforçar que a era do 4.0 não é mais parte do nosso futuro - mas sim do nosso presente. 

Confira a seguir a cobetura do último dia e, caso você tenha perdido algum conteúdo do evento, todas as palestras, debates, aulas e webinares foram gravados e estão disponíveis na plataforma Indústria Xperience - o cadastro é gratuito! 

ABIMAQ Inova: Big Data, Inteligência Artificial e Blockchain

Abrindo o último dia, duas lives da 13ª edição do ABIMAQ Inova (o ciclo de palestras promovido pela associação, sempre em novembro, que esse ano aconteceu dentro da plataforma Xperience) colocaram a tecnologia no centro das discussões. Com mediação de João Alfredo Delgado, diretor executivo de tecnologia da ABIMAQ, o primeiro debate teve como tema Big Data e Inteligência Artificial. Carlos Grillo, da WEG, Diego Mariano, da Birmind, e Fernando Velloso, da MVisia, trocaram experiências e relatos sobre a realidade dessas soluções na prática, dividindo também as boas práticas observadas por cada um nessa área. 

Na segunda live, que encerrou essa edição da ABIMAQ Inova, os convidados Christian Souza, da BBChain, José Reynaldo Formigoni Filho, do CPqD, e Marcelo Suzuki, da SIEMENS, falaram sobre blockchain para gestão de ativos, rastreabilidade e monitoramento. 

Manutenção Preditiva como fator de redução de custos 

Sua indústria já trabalha com manutenção preditiva? Essa é uma opção que pode ser um fator importante na redução de custos e de tempo de máquinas paradas. Nesse webinar ao vivo, o professor Eduardo Linzmayer trouxe cases ilustrativos e informações sobre como aplicar esse processo e explicou, na prática, o que significa esse conceito. 

Mitos e verdade sobre blockchain na indústria 

O blockchain voltou para a pauta no quarto conteúdo do dia. Em entrevista com Aline Martins, da Informa Markets, Luckas Farias (especialista em segurança digital e blockchain) abordou os principais mitos espalhados quando falamos de blockchain no setor industrial. Sendo um conceito que ainda gera muitas dúvidas, principalmente fora do setor financeiro, o blockchain pode ser um aliado importante para a segurança, a qualidade e a rastreabilidade dos processos industriais. Mas é preciso esclarecer alguns pontos: "o blockchain, por si só, não garante a segurança. É preciso investir em um conjunto de ações em prol da segurança cibernética", defendeu. A entrevista está disponível na íntegra na plataforma Indústria Xperience. 

indústria xperience dia 3

Internet das Coisas: quais as possibilidades para a manufatura avançada? 

Uma das grandes tendências da indústria 4.0, a Internet das Coisas (IoT) ganhou ainda mais força em 2020, com a digitalização acelerada em todos os setores. Nesse cenário, quais as possibilidades para a manufatura avançada? De que forma a indústria pode se beneficiar dessa tecnologia e como podemos nos preparar para essa revolução nos processos? Nessa conversa, Paulo Scappa, presidente da ABINC, e Flávio Maeda, vice-presidente da ABINC, abordaram as vantagens que a digitalização e sensorização digital das máquinas, além de discutir tendências como a chegada do 5G no Brasil. "O 5G pode sim impactar a popularização da IoT, mas a internet das coisas não depende do 5G para existir", comentou Scappa. Confira a conversa completa na plataforma. 

Lean Manufacturing: preparando o ambiente para a indústria 4.0 

A quarta revolução industrial é tanto sobre tecnologia quanto sobre agilização de processos. As metodologias ágeis ajudam a tecnologia a entrar no ciclo produtivo de maneira rápida, permitindo testes e revisões no processos,cada vez mais enxutos. Nesse webinar, a especialista dividiu como o Lean Manufacturing age para preparar o ambiente para a era do 4.0 e deu uma dica: comece pequeno, mas comece. "Não comece pela tecnologia, comece pelo seu processo. Somente quando você entende o processo é que consegue definir onde investir e por qual etapa começar a digitalização", comentou. A palestrante também tirou dúvidas ao vivo com os presentes e a gravação completa pode ser conferida aqui.

O que esperar para o setor de máquinas na América Latina?

Em mais uma atração internacional, o responsável pelas ações digitais da FEIMEC e da EXPOMAFE, Manuel Niggli, entrevistou o gerente geral da AMT (a associação americana de máquinas ferramenta), Achilles Arbex, para entender um pouco mais sobre como o setor de máquinas deve reagir à crise na América Latina e nos Estados Unidos. Unindo dados, tendências e previsões, Arbex comentou o panorama internacional e ajudou a compreender melhor o que vem pela frente para o segmento. Confira a íntegra na plataforma. 

Inteligência Artificial aplicada à Indústria 4.0

Ao longo dos três dias de evento, um curso gratuito sobre Inteligência Artificial aplicada à indústria foi disponibilizado. A última aula, ministrada pelo professor Mauro Andreassa, aconteceu ao vivo e encerrou o lançamento da Indústria Xperience. Com exemplos práticos e ilustrativos, o professor revisitou os conceitos das primeiras aulas, indicicou bibliografias de aprofundamento, dividiu suas perspectivas sobre o 4.0 no Brasil e deu dicas para os ouvintes: comecem por onde vocês estiverem perdendo dinheiro. "Identificar qual é o grande gargalo da sua produção, ou seja, qual a etapa do processo que faz você perder dinheiro, é um ótimo indicativo de por onde começar a aplicar a tecnologia", aconselhou. As três aulas estão disponíveis na plataforma e, ao completar as 3 horas do curso, o participante poderá solicitar seu certificado. Basta acessar a aba de cursos da plataforma Xperience para assistir ao conteúdo, 

 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar