A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Demonstrador da Indústria 4.0 - Gestão Digital

Gestão Digital da Indústria 4.0 exige colaboração entre os setores

Chegar ao estágio da Manufatura Avançada exige tecnologia mas também colaboração entre os setores. Realizar a gestão digital da indústria 4.0 depende de fatores diversos, como sistemas que captem os dados, outros que o armazenem e outros que os transformem em inteligência.

"Ter uma plataforma com capacidade de reunir os dados da indústria é essencial para a gestão digital", comenta Renato Engelmann, Arquiteto Digital da TOTVS. Engelmann é um dos responsáveis pela cluster 6, "Gestão Digital", do Demonstrador de Tecnologias da Indústria 4.0, na EXPOMAFE 2019.

A partir dessa estrutura, capaz de reunir e armazenar as informações, a gestão começa. Com os dados disponíveis, o gestor pode identificar oportunidades de melhorar a produtividade, por exemplo. "O gestor passa a poder investir em soluções que tornem o processo mais rápido ou mais funcional", explica Engelmann.

Colaboração entre os setores na gestão digital

Segundo o profissional, é preciso perceber que quando se trata de indústria 4.0, não é mais possível pensar em soluções isoladas. "As ferramentas precisam colaborar entre si para chegar ao resultado esperado", comenta Engelmann. "Não basta apenas um gestor eficiente, assim com não basta investir em uma máquina ou robô de alta geração", aponta.

Para uma gestão digital eficiente, a indústria precisa entender que as partes devem trabalhar em conjunto. "Só assim é possível transformar dados em inteligência", completa.

Popularização das soluções e novos formatos de negócio

O arquiteto digital comenta também que o setor passa hoje por muitas mudanças, principalmente no que diz respeito ao acesso à tecnologia. "Antes, as principais soluções de captação e gestão de dados eram utilizadas apenas por médias e grandes indústria. Com a tecnologia cada vez mais popular, hoje é possível que indústrias menores também apostem em opções avançadas para iniciar a gestão digital", conta.

Além disso, novos formatos de negócios permitem uma distribuição otimizada das soluções. Já não é mais necessário comprar a tecnologia: em muitos casos, é possível "alugá-la", através de serviços de assinatura para os softwares. "Dessa forma, os custos tanto do desenvolvimento quanto da manutenção são pulverizados entre diversos clientes. Assim, a solução se torna mais acessível, o que é positivo para todos os envolvidos", conclui Engelmann.

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar