A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Semana Digital_Juliana.png

Liderança à distância: como manter o engajamento no trabalho remoto

"E se me perguntarem o que eu acredito ser fundamental em um momento como este, eu afirmo sem pensar: a gestão das equipes faz toda a diferença."

Há muito tempo se fala em home office. Algumas empresas já haviam aderido a este formato de trabalho. Outras estudavam maneiras de fazê-lo sem impactar os negócios. Na grande maioria, quando aceito, o home office era parcial, ou seja, o funcionário trabalhava alguns dias no escritório e alguns dias de casa. Para gestores mais conservadores ou controladores, era difícil acreditar que o funcionário no home office seria tão produtivo quanto ele é no escritório. 

E, então, chegou o coronavírus. Da noite para o dia fomos para casa. Muitos sem recursos tecnológicos necessários para desenvolverem suas atividades; outros sem um espaço adequado para trabalhar. Mas era a única opção. E as empresas precisaram se adequar, flexibilizar, adaptar, enquanto os funcionários precisaram encontrar a melhor maneira de manter a produtividade diante do cenário inesperado.

E, depois de dois meses em casa, posso afirmar que sim, o home office é possível, as pessoas estão conseguindo encontrar uma forma positiva de realizar seus trabalhos e, mesmo que as notícias dos jornais nos façam pensar que estamos vivendo no meio do caos, tem muita coisa boa acontecendo neste período, principalmente em virtude do home office.

Das pessoas com quem eu converso, muitos afirmam que aumentaram sua produtividade, que conseguem se concentrar melhor em casa, que reduziram o número de cafés e nível de ansiedade, além de terem mais tempo para estar com a família e cuidar dos amigos.

E se me perguntarem o que eu acredito ser fundamental em um momento como este, eu afirmo sem pensar: a gestão das equipes faz toda a diferença. Ser um líder presente, próximo e inspirador fará com o que o time enfrente os desafios e incertezas de maneira mais madura e confiante.

Abaixo, vou listar as cinco principais ações que eu considero primordial para uma liderança à distância.

1 – Seu nível de confiança influencia diretamente na segurança do time

As atitudes do líder refletem diretamente no perfil da equipe. Um líder inseguro acaba transmitindo ao time incertezas e fazendo com que todos sigam seu exemplo (mesmo que negativo). Busque manter a motivação das pessoas, passar mensagens de otimismo, fortalecer a autoconfiança individual. Tente encontre pontos positivos nas ações e passar mensagens que inspirem. Um time confiante comprovadamente entregará resultados superiores.

2 – Mantenha o contato

Crie o hábito de ficar em contato com as equipes. Programe reuniões para alinhamento e encontro do time. Faça bate-papos para gerenciamento das atividades do dia e da semana. Organize um café da tarde com todos. Lembre-se: no escritório, o contato pessoal é constante e enriquecedor. Utilize todas as ferramentas disponíveis para aproximar as pessoas e mantê-las em contato.

3 – Seja o exemplo

Lembre-se de agir como você gostaria que os membros da sua equipe agissem. Não adianta exigir pontualidade nas reuniões, se você sempre se conecta atrasado. Seu time seguirá seus exemplos com facilidade; suas ordens poderão ser acatadas por medo, mas sem naturalidade.

4 – Não deixe os membros desconectados ou isolados

Não esqueça de cada membro da sua equipe. Tente saber como eles estão, se todos da família estão com saúde ou se estão precisando de algo. O trabalho remoto pode ser solitário para quem mora sozinho. Faz parte do papel do líder aproximar e manter o sentimento de pertencimento da equipe.

5 – Mantenha o desenvolvimento pessoal de cada um

Não esqueça que o desenvolvimento pessoal de cada membro faz parte das atribuições do líder e que, mesmo em períodos incertos como estamos vivendo, ele não deve fugir do radar. É importante manter feedbacks frequentes e alinhamentos de metas, principalmente se elas estiverem sendo impactadas pela situação. Também recomendo que oriente os membros da equipe com relação a habilidades que eles podem desenvolver, orientando a busca por cursos e treinamentos.

Mais do que tudo, lembre-se que confiança se constrói com tempo, proximidade e coerência. Com o distanciamento físico, é muito importante estar presente, conectado e, sempre que possível, disponível. Quando tudo passar, muita coisa mudará no modelo de trabalho e você deverá estar preparado para gerenciar as pessoas, seja no escritório ou em casa. Muito do que está sendo construído agora, irá facilitar o seu dia a dia no futuro.


2.png

Juliana Vicente tem 15 anos de experiência em comunicação e marketing em multinacionais e agências de marketing digital. Atualmente, é gerente de marketing da FEIMEC, EXPOMAFE, Plástico Brasil e ForMóbile. Formada em Jornalismo, com pós-graduação em Comunicação e Marketing e especialização em Marketing e Vendas.

 


Esse conteúdo é parte da Semana Digital FEIMEC, que acontece de 25 a 29 de maio. Se inscreva e confira outros conteúdos exclusivos gratuitamente! 

Semana Digital FEIMEC

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar