A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Semana Digital_RH.png

RH pós-pandemia: “A forma como as organizações estão lidando com a crise me preocupa”

No primeiro dia da Semana Digital FEIMEC, confira uma reflexão sobre o papel do RH no contexto pós-pandemia.

A atual crise impactou diversos setores da economia brasileira. Como empresário eu me preocupo com os impactos nos negócios de uma maneira geral. Já como consultor de empresas, me preocupa a forma como as organizações estão lidando com isso, principalmente se tratando da relação com seus empregados. Vejo que ocorreram demissões, corte de benefícios, reduções de jornadas de trabalho e consequentemente de salários. São muitas mudanças em um curto espaço de tempo.

Em meio a tudo isso, vejo que a relação entre empregador e colaborador está mudando. Temos que garantir que essa mudança seja para melhor. De todos os setores impactados, o de serviços me preocupa mais, pois estão vivendo uma mudança bem impactante. São colaboradores trabalhando de casa, alterando suas rotinas e a de seus familiares. Para os que têm filhos, como é meu caso, existe a necessidade de coexistir em ambientes únicos, onde alguns fazem tarefas escolares, outros assistem à televisão ou se divertem, e alguns trabalham, seja para suas empresas, seja em tarefas domésticas.

Dividir tarefas em casa entre os familiares, que não podem mais contar com auxiliares domésticas, ou manter silêncio enquanto o pai ou a mãe estão participando de uma reunião virtual, representa situações novas que podem gerar conflitos e desgastes. O confinamento também traz consequências, pois mesmo tendo desgastes entre os familiares, todos continuam a conviver, sem qualquer espaço de tempo longe um do outro.

Como tudo na vida, existem também vantagens nesta nova situação. Não ter que acordar mais cedo para evitar o trânsito ou a condução lotada e chegar a tempo no trabalho, deixa de fazer parte da rotina. Vantagem esta apreciada principalmente nos dias de chuva!

Com todas essas mudanças, as necessidades dos colaboradores seguem a mesma linha, e os atuais benefícios oferecidos pelos seus empregadores, que visam sua atração e retenção, talvez não estejam mantendo mais sua efetividade.

Outro ponto importante que temos que considerar neste momento é que o distanciamento físico do colaborador dos seus empregadores traz insegurança e impacta diretamente o clima da empresa.

Eu acredito que uma boa e constante comunicação entre empregador e colaborador pode melhorar a condição psicológica de cada um e trazer impactos positivos para os resultados do seu trabalho.

Muito me anima saber de histórias de empresas que adotaram práticas criativas de aproximação com seus colaboradores, organizando reuniões virtuais frequentes com a participação de toda a empresa, momento em que realizam jogos divertidos e atividades que apoiam seu clima.

Aqui na Bematize, estamos tentando fazer nossa parte organizando uma série de “lives” para nossos colaboradores, e já rolou até aulas de zumba e ginástica. O importante mesmo é que todos se sintam amparados, informados da situação da empresa e do seu mercado, e motivados a manter o foco nos resultados.

Para todas as empresas, deixo minha recomendação: Visitem suas políticas de remuneração total para garantir sua atratividade, e usem de sua criatividade para sustentar a relação próxima com seus colaboradores. Essas ações podem acelerar a recuperação diante dessa crise.


1.png

Ronn Gabay é diretor da Bematize Consultoria de benefícios.

 

 

 


Esse conteúdo é parte da Semana Digital FEIMEC, que acontece de 25 a 29 de maio. Se inscreva e confira outros conteúdos exclusivos gratuitamente! 

Semana Digital FEIMEC

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar