A Voz da Indústria faz parte da divisão divisionName da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Cursos EaD para indústria

Cursos EaD: educação a distância para indústrias

Os cursos EAD são uma modalidade que apresenta grande crescimento no país. De acordo com o mais recente Censo da Educação Superior divulgado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), a educação a distância cresceu 17,6% em 2017. Foi o maior salto desde 2008.

Eles são também uma tendência levando em consideração suas vantagens e o contexto da otimização do tempo. Isso é ressaltado em estudo conduzido pela Sagah, empresa desenvolvedora de soluções para ensino superior. De acordo com a empresa, em 2023 a maior parte das ofertas de cursos superiores deverá ser feita no modelo EaD.

Já hoje a oferta de cursos EaD é bastante vasta, abrangendo cursos técnicos, livres, complementares, superiores e de pós-graduação. Para indústrias e para profissionais que atuam nesse setor, a educação a distância pode ser uma boa solução. Confira a seguir!

Como são os cursos EaD voltados às indústrias?

Esse tipo de formação apresenta metodologia de ensino contemporânea, dinâmica e interativa. Por isso, inclui atividades que simulam o ambiente da indústria. A intenção é a estimular o participante a ser protagonista na construção de seu próprio conhecimento.

Assim, esse tipo de curso utiliza recursos como e-books, animações, videoaulas, mapas mentais, gameficação e fóruns, por exemplo. Aplicações de realidade aumentada e estudo de casos aplicados à realidade industrial também são utilizados.

Alguns desses conteúdos são compartilhados ao vivo em sessões interativas, outros ficam disponíveis para consulta posterior. Ainda, há instituições que, além das atividades a distância, também oferecem outras presenciais. Trata-se do chamado ensino híbrido. Outros locais também disponibilizam sua estrutura física para o aluno que quiser utilizá-la para complementar sua formação.

Além disso, esse tipo de curso, que comumente apresenta conteúdos mais específicos e técnicos, conta com tutores e conteudistas com ampla experiência e uma sólida formação e vivência nas dinâmicas da indústria nacional. Ou seja: o conteúdo acaba enriquecido pela experiência coletiva dos tutores.

Características importantes para quem busca cursos EaD

Os cursos EaD demandam algumas habilidades diferenciadas para que o participante tire deles o melhor proveito. De acordo com Mirian Pereira, especialista em tecnologia educacional:

"É importante que o discente tenha disciplina, organização, comprometimento, saiba fazer uma boa gestão do tempo, tenha foco, concentração e, claro, algum domínio sobre o uso de computador ou dispositivo móvel de acesso ao curso", resume.

Isso porque o EaD é um modelo bem mais autônomo de aprendizado. Assim, depende da participação ativa e proativa do aluno.

Como cursos EaD podem ajudar a indústria?

Esse formato de curso facilita a capacitação das equipes profissionais, por sua flexibilidade e praticidade. Por meio deles, o funcionário não precisará deslocar-se até outro local, enfrentando trânsito e outros empecilhos,. Pelo contrário, ele terá seu tempo otimizado, podendo realizar a formação no horário mais conveniente. 

"Isso possibilita que colaborador e empresa encontrem a flexibilidade tão desafiadora de se conciliar a rotina de estudos com a laboral. Assim, é possível contribuir para uma qualificação do profissional e, também, nas entregas que ele fará em seu trabalho", afirma Mirian.

Outro ponto positivo desse modelo é que ele está alinhado ao perfil das novas gerações, que preferem aprender por meio de conteúdo interativo e imersivo. Essa modalidade possibilita maior controle sobre seu processo de aprendizado. De fato, conforme estudo conduzido na Universidade Metodista de São Paulo, para a Geração Y, por exemplo, a flexibilidade de horário e a autonomia para estudar são essenciais para o aprendizado. Assim, para atrair, reter e capacitar talentos dessas gerações, optar por formações EaD pode ser uma solução.

Outras vantagens da Educação à Distância

Outros fatores vantajosos dizem respeito ao networking (rede de contatos) possibilitado por meio da interação com outros profissionais da indústria. Ainda que no ambiente online, essa interação é possível, como lembra a especialista em tecnologia educacional.

"Ainda, como destaques, há o custo dos cursos EaD, que costuma ser mais acessível do que os presenciais, e isso favorece um ambiente de maior capacitação tanto nas situações nas quais a formação é custeada pela empresa quanto quando ela é buscada proativamente pelo trabalhador".

Também pode-se perceber que habilidades comportamentais aperfeiçoadas com a participação em cursos EaD podem refletir na rotina profissional. Para conseguir acompanhar e aprender com essas formações, é preciso envolver atenção e foco, por exemplo. Esse ganho deverá ser aplicado também no trabalho desse profissional.

Por fim, vale lembrar de que esse contato com o aprendizado mais dinâmico é facilitado pela tecnologia. Essa familiarização tecnológica pode ser um alicerce importante também para pavimentar o caminho do trabalhador rumo ao cenário e aos desafios da Indústria 4.0.

E sua empresa, como percebe as possibilidades trazidas pelos cursos EaD? Já houve alguma experiência com capacitação corporativa realizada a distância em sua indústria? Deixe sua mensagem nos comentários.

TAG: Inovação
Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar