A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

portas-automatizadas-industria-a-voz-da-industria

De segurança a agilidade: confira 5 vantagens das portas automáticas industriais

O crescimento do setor metalmecânico e de outras áreas da indústria nos últimos anos tem contribuído para o avanço do mercado de portas automáticas industriais, que levam para o ambiente do chão de fábrica mais segurança contra acidentes de trabalho e maior agilidade nos processos produtivos.

“Elas são muito úteis diante dos enormes galpões e silos que precisam ser abertos e fechados diariamente, por exemplo, pois tornam o processo de abertura e fechamento infinitamente mais ágil e fácil”, ressalta Raquel Moraes, técnica em segurança do trabalho.

Diante disso, confira, a seguir, as cinco vantagens principais proporcionadas pelas portas rápidas aplicadas na indústria.

1. Separação de ambientes

Muitas vezes, o layout industrial precisa contemplar a separação de ambientes de acordo com as atividades exercidas em cada departamento, de modo a facilitar, assim, o fluxo de trabalho. As portas rápidas são muito utilizadas nesse sentido, sobretudo em depósitos e armazéns voltados para o recebimento e a expedição de cargas, justamente por apresentarem a vantagem de isolar os ambientes produtivos por áreas.

2. Mais segurança

As portas automáticas industriais possuem vários dispositivos de acionamento e automação que ajudam a garantir o fluxo de movimentação, a segurança dos trabalhadores e a preservação dos materiais.

Elas são automaticamente travadas, protegendo os usuários de qualquer acidente, inclusive em casos de ruptura de cabos de aço ou de molas, por meio de ferramentas como detector de massa metálica, sensor de presença e sinalizadores visuais.

3. Isolamento e higiene

As portas rápidas possuem alto nível de isolamento para deixar o chão de fábrica protegido contra contaminações e/ou intempéries do dia a dia.

Sempre fechadas, elas também são ideais para ambientes que necessitam de temperatura controlada, por ajudarem a evitar a perda brusca de ar quente ou frio, conferindo uma temperatura adequada ao local, assim como a economia de energia dos equipamentos de climatização.

4. Opções econômicas e confiáveis

Embora as portas manuais também sejam viáveis, as versões automáticas (principalmente as feitas com aço) são bastante econômicas em razão da sua engenharia simples e funcional, que proporciona um funcionamento eficiente, mesmo com menos elementos de montagem do que a maioria dos modelos convencionais.

Além disso, a sua durabilidade é muito superior - a porta automática é motorizada e conta com uma das formas de pintura mais resistentes e efetivas do mercado: a eletrostática.

Ela também exige menos manutenções, tendo um custo-benefício maior, além de manter a integridade de materiais (em ambientes de carga e descarga), carros (em caso de garagens) e instalações industriais como um todo.

5. Mais agilidade nos processos produtivos

A utilização de portas automatizadas aumenta a agilidade dos processos industriais quando operadas corretamente, uma vez que suportam um alto fluxo de aberturas e fechamentos e não possuem a necessidade de manutenção constante.

Elas também permitem que máquinas como empilhadeiras trafeguem com mais facilidade, não interrompendo as demais atividades da indústria, “além de ajudarem a evitar problemas de contaminação, diminuírem o custo de energia e perdas de produção, facilitarem o fluxo de pessoas e equipamentos e melhorarem o controle de qualidade das indústrias”, ressalta Paulo Comini, Regional Sales VP da Rite-Hite América Latina.

Quer saber mais sobre como as portas automáticas industriais podem mudar a realidade da sua empresa? Continue acompanhando o nosso canal de conteúdo e até a próxima! 

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar