A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Porque o controle de temperatura na indústria é uma prioridade

controle de temperatura na indústria.png
Veja porque é importante que o gestor priorize um bom sistema de controle de temperatura na indústria.

O controle de temperatura na indústria é uma das preocupações mais importantes deste setor. É através dele que podemos assegurar a temperatura correta de um processo de fabricação, garantindo que ele estará em um valor adequado para alcançar melhores resultados.

Em processos de fabricação, o controle de temperatura na indústria é essencial: se a temperatura estiver muito acima ou abaixo da faixa ideal necessária para uma determinada fase de um processo de fabricação, os resultados podem não ser ideais, comprometendo a qualidade do produto usinado, além da vida útil do maquinário.

Por isso, dispor de um sistema de controle de temperatura não deve ser negligenciado pelo gestor. Cabe a ele considerar alguns pontos específicos do processo de controle de temperatura que podem influenciar nos resultados da atividade.

Por que realizar o controle da temperatura na indústria?

No ambiente industrial, o controle da temperatura nas operações de fabricação cumpre a função de garantir os padrões, medindo a temperatura constantemente e fazendo com que o processo não apresente falhas.

No processo usinado, por exemplo, o controle de temperatura na indústria permite a redução de custos e desperdícios na cadeia produtiva, como salienta Wesley Reis, engenheiro e Coordenador Técnico Comercial da SIGMA SENSORS.

Controlar a temperatura do material na linha de produtos auxilia, por exemplo, a identificar produtos que venham a ser defeituosos, pois ajuda a identificar pontos de inatividade e determinar a causa raiz do problema no decorrer do processo”.

Além disso, ao mapear pontos térmicos, a indústria consegue aumentar a produtividade e o foco no entendimento do problema. “Com isso, garantimos que tais problemas não voltem a acontecer”, completa Reis.

Tudo isso permite que o controle de temperatura ajude a indústria a prevenir gastos excessivos, trazendo benefícios na produtividade e na qualidade das operações industriais que funcionam em condições específicas.

Sistema de controle de temperatura na indústria: por que ter?

Quando aplicado na indústria, o controle de temperatura representa uma das tecnologias mais importantes na fabricação adequada de produtos. Diante disso, é cada vez mais importante que o fabricante não apenas determine a temperatura adequada para cada etapa de produção, mas também monitore a temperatura dentro deste processo.

Por isso, dispor de um sistema de controle de temperatura na indústria é essencial, independentemente do tipo de indústria. Os controladores de temperatura nas operações de fabricação são responsáveis por garantir que a etapa do processo opere dentro dos padrões, medindo a temperatura constantemente e comparando e corrigindo com a temperatura especificada (programadas internamente) no controlador.

Falando da Indústria de Bebidas e Alimentos, à exemplo, para o processo de pasteurização, Wesley Reis diz revela que é comumente utilizado um data logger medidor de temperatura para garantir a eficácia do processo, que requer a medição de temperatura do produto (líquido ou alimento) enquanto passa pelo túnel de pasteurização.

Cervejas e refrigerantes são produzidos todos os dias cumprindo múltiplos parâmetros de processamento que resultam em produtos com identidades únicas, deste modo, existem fatores que são avaliados periodicamente, como o calor, resfriamento, dosagem e a distribuição uniforme da temperatura do túnel”, diz.

Tipos de sensores medidores de temperatura na indústria

Segundo o Coordenador Técnico Comercial da SIGMA SENSORS, o controle de temperatura na indústria pode ser feito de diversas formas, com diferentes tipos de sensores que podem variar de acordo com o setor industrial.

Para melhor controle da temperatura na indústria há a possibilidade de uso de Termopares, Placa de Fluxo de Calor, Sensor de Fluxo de Calor tipo anel, Detector de Temperatura de Resistência, Espalhador Térmico, Sensor PT100 e PT1000”.

Diante disso, Reis salienta que é importante considerar a escolha de acordo com algumas variáveis. “O gestor deve saber onde será aplicado o sensor, podendo ser maquinário, chapa, solo, água e até alimento”, diz.

Depois disso, o especialista indica que o gestor da indústria deve buscar sensores compatíveis com os ranges necessários do ambiente/local da aplicação. “Hoje, trabalhamos com sensores com range de -200°C, do tipo data loggers para gelo seco, até 1.700°C do tipo sensor termopar para têmperas de vidro”, complementa.

Uma vez definidos estes fatores, será muito mais fácil determinar qual é o tipo de sistema controlador de temperatura mais adequado para uma aplicação específica.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar