A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

big-data-industria-industria-4.0

Big Data na indústria pede o uso de software de análise para apontar as melhores decisões

O uso do Big Data na indústria permite coletar dados que dão suporte para melhorar todo o processo produtivo e a relação com os clientes. No entanto, muito mais do que coletar e armazenar dados, é preciso saber extrair informações e transformá-las em conhecimento que leve a indústria para um novo patamar positivo. E, para isso, é preciso investir em softwares que tornem todo o processo muito mais ágil e eficaz.

Quer entender melhor sobre o tema para não fazer o uso do Big Data de forma precipitada? Acompanhe.

O que é Big Data para a indústria?

O uso de uma grande massa de dados na indústria não é bem uma novidade. A manufatura já sabe que é preciso analisar informações sobre a demanda de mercado, a linha de produção e a logística para que seja possível diminuir custos e tomar decisões certeiras.

A diferença, aqui, é que com o conceito de Indústria 4.0todo esse processo será ainda mais integrado e ágil. Por meio da tecnologia, o Big Data se tornará uma das bases fundamentais dos negócios.

"O Big Data é um conjunto de tecnologias para capturar, armazenar e processar informação, principalmente em tempo real. Em uma fábrica, o Big Data pode fazer com que as mercadorias tenham sensores. Assim, quando o produto é consumido, a fábrica fica sabendo e os algoritmos de Big Data dão ordem de produção. Resultado: maior controle de estoque e logística para que não exista sobra ou falta de produtos", explica Alessandra Montini, coordenadora dos cursos de Big Data da FIA (Fundação Instituto de Administração).

Além da simples coleta de dados

big-data-industria-4.0Apenas coletar dados ocasionalmente ou não estruturar uma metodologia de análise, porém, não será mais suficiente para manter o negócio competitivo na era da Indústria 4.0.

Está se tornando comum as indústrias gerarem um número alto de dados. Com isso, fica mais complexo dar vazão à análise de diferentes informações, fazendo com que o Big Data se torne um problema ao invés de uma solução.

Os resultados são dados aos montes, que foram coletados e não usados de maneira proativa, sendo lembrados apenas em momentos de crise, quando uma análise manual e demorada se faz necessária.

Por isso, a necessidade de uso de softwares especializados é cada vez maior. Eles permitem um tratamento eficiente das informações, fazendo com que elas sejam transformadas em inteligência e mudanças positivas para o negócio.

"Algumas tecnologias de Big Data podem ajudar na elaboração de cenários diários, considerando variáveis macro e microeconômicas. Estes cenários são fundamentais para a elaboração de projeção de demanda. Além disso, é possível projetar a demanda mensal de cada produto por ponto de venda", complementa Alessandra.

Adotar o uso de um software de Big Data na indústria traz uma série de vantagens. Além da análise em tempo real, é possível detectar falhas com agilidade, rastrear mercadorias por toda a cadeia e controlar processos por meio de sensores.

"Os softwares de Big Data são conectados com os robôs e dão ordem para iniciar e finalizar a jornada. Existem softwares especiais para análise de imagem, que podem ser utilizados na segurança dos colaboradores", ressalta a professora, que ainda chama atenção para outras vantagens trazidas pelos softwares de Big Data, como o controle de qualidade e o aumento do tempo de vida de produtos perecíveis.

Dessa forma, é importante ter em mente que dados de nada adiantam se forem mantidos em seu estado bruto. É preciso coletá-los com inteligência e analisá-los em tempo real para que decisões sejam tomadas de forma assertiva e rápida.

E sua indústria, está preparada para lidar com Big Data?  Escreva nos comentários e compartilhe com seus amigos e colegas.

Totvs_voz da industria

*Este material é um publieditorial, sob responsabilidade de TOTVS

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar