A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

modelo-negocio-industria4.0-manufatura-avancada

Descubra como fica o modelo de negócio na Indústria 4.0

A Indústria 4.0 transforma o modelo de negócios do setor de máquinas e equipamentos e cria diversas possibilidades - permitindo que sejam colocados em prática processos que nunca foram possíveis antes. Isso dá à indústria a liberdade de explorar novas tecnologias para obter verdadeiros saltos de desempenho nos seus processos internos e na entrega ao cliente.

Apesar de toda a evolução tecnológica atual, o foco das empresas não deve estar apenas nas máquinas e ferramentas - e sim na forma como essas são utilizadas dentro de um novo modelo de negócio. É nesse ponto que muitos empresários pecam e, por isso, deixam de alcançar resultados concretos.

Neste artigo, veremos como é o modelo de negócio na Indústria 4.0. Confira.

O modelo de negócio na Indústria 4.0

A Indústria 4.0 surge em um momento chamado de 4ª Revolução Industrial, por conta de toda a transformação causada nos processos industriais. De acordo José Rizzo, presidente da Associação Brasileira de Internet Industrial (ABII), a Indústria 4.0 promove a "completa descentralização do controle dos processos produtivos e uma proliferação de dispositivos inteligentes interconectados, ao longo de toda a cadeia de produção e logística".

Essas mudanças resultam nos modelos de negócios da Indústria 4.0, que atribuem grande importância à criação de valor a partir dos dados gerados e colocam os clientes em uma posição ainda mais central - utilizando redes que permitem a criação de valor. Os dados gerados a partir de cadeias de valor conseguem melhorar a automação e a eficácia operacional, permitindo estruturas e redes de criação otimizadas.

Como se adaptar às novas tendências?

De acordo com Frank Piller, expert internacional em inovação aberta e customização em massa, a Indústria 4.0 é frequentemente discutida a partir de uma perspectiva tecnológica de aprendizado de máquina, algoritmos, sensores inteligentes e ativos conectados. Mas a verdade é que seu maior impacto será nos modelos de negócios da empresa, especialmente aqueles de organizações bem estabelecidas.

Isso significa que a adaptação para a Indústria 4.0 não está baseada no uso das novas tecnologias, mas, sim, na aplicação que o empreendedor dá a elas dentro da sua empresa. Todo o modelo de negócio deve ser repensado com base nas novas tendências que surgem da evolução tecnológica.

O caminho a ser seguido pelas indústrias que buscam uma adaptação deve estar ligada ao propósito do negócio - que vai além da venda ao cliente e geração de lucro. Segundo Piller, todas as empresas precisam se questionar sobre a sustentabilidade de seus modelos de negócios existentes. Fundamentalmente, um modelo de negócio é uma hipótese de gerenciamento sobre:

  • O que os clientes querem;
  • Como eles querem;
  • Como uma empresa pode satisfazer esses desejos e lucrar com isso.

O foco da empresa deve permanecer na satisfação do cliente, mas com a utilização de todos os recursos introduzidos pela Indústria 4.0. É dessa forma que se consegue adicionar valor à proposta entregue ao consumidor e potencializar os resultados obtidos.

Você já conhecia o modelo de negócio na Indústria 4.0? Como a sua empresa está se adaptando a essa tendência? Deixe o seu comentário e compartilhe sua experiência.

Totvs_voz da industria

*Este material é um publieditorial, sob responsabilidade de TOTVS

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar