Indústria 4.0 by TOTVS

Indústria 4.0: os primeiros passos sem grandes investimentos

Adotar a Indústria 4.0 é muito mais acessível do que muitos imaginam. E, em um mercado cada vez mais ágil e exigente, o conceito tem se tornado altamente importante para otimizar os custos, ganhar competitividade e aumentar margem e lucro.

Isso significa que a Indústria 4.0 não é exclusividade apenas para grandes empresas. Pelo contrário, as pequenas e médias indústrias também têm muito a se beneficiar com as vantagens proporcionadas pela tecnologia.

“As metodologias ágeis, que são pilares desta revolução, foram feitas para desenvolver de maneira muito incremental as soluções. Algumas tecnologias, como visão computacional, são mais acessíveis e podem ser utilizadas em problemas muito pontuais. A visão computacional tem grande aplicação no controle e mensuração de qualidade dos processos de maneira dinâmica, não sendo necessário o fechamento da produção para detecção de erros”, diz Douglas Vieira, diretor executivo da Enacom.

Mas, como começar essa verdadeira revolução e implementar a Indústria 4.0 em uma empresa? Veja algumas dicas importantes a seguir.

1. Priorize os projetos

A Indústria 4.0 traz muitas novidades e tecnologias, por isso, é praticamente inviável querer adotar todas as estratégias de uma vez.

Dessa forma, o primeiro passo é priorizar de acordo com as necessidades da sua empresa. “Escolha qual o problema a ser abordado de forma a aumentar receitas ou diminuir custos”, recomenda Vieira.

De acordo com o especialista, é preciso abstrair a tecnologia em um primeiro momento e focar nos resultados. “Depois, com auxílio de equipe técnicas competentes, encontrar os caminhos tecnológicos para tanto. Para empresas com restrições na capacidade de investimento, devem ser priorizados projetos com payback mais curto, que possam ser melhorados com iterações contínuas da tecnologia”, acrescenta.

2. Avalie o que pode ser aproveitado

É importante dizer que a Indústria 4.0 não requer que toda a estrutura atual da empresa seja deixada para trás e iniciada novamente.

É possível, por exemplo, instalar dispositivos em máquinas antigas para que elas possuam conectividade e comecem a coletar dados. Dessa forma, a sua empresa passa a operar de maneira inteligente e autônoma e com um valor de investimento menor do que o necessário para casos de trocar todo o maquinário.

3. Integre todos os sistemas

A conectividade é uma das bases da Indústria 4.0. Por isso, de nada vai adiantar investir em tecnologias e ferramentas se elas não conversarem entre si.

É fundamental que as máquinas e demais sistemas da linha de produção estejam integrados com a gestão, ou seja, com o ERP e outras ferramentas utilizadas pela indústria – e, claro, sem deixar de fora a ponta que liga a empresa aos clientes.

Com isso, toda a empresa passará a atuar como uma unidade, e será possível entender em quais etapas do processo há gargalos. O resultado é uma produção mais eficiente e ágil, bem como totalmente direcionada à demanda do mercado.

4. Promova uma nova cultura interna

Mudanças sempre vêm acompanhadas de resistências, e é importante ter em mente que a Indústria 4.0 não é sinônimo de demissões em massa. Ao contrário: ela abre uma excelente oportunidade para realocar o conhecimento humano em tarefas mais estratégicas.

Por isso, é importante que a adoção da Indústria 4.0 venha acompanhada, também, de treinamentos da equipe e de uma mudança de cultura. Além de aprender a operar as novas tecnologias, os colaboradores devem desenvolver uma visão mais analítica e baseada em dados, deixando de lado a tomada de decisões baseada na intuição.

5. Acompanhe e avalie os resultados na Indústria 4.0

Um dos grandes entraves para a implementação da Indústria 4.0 costuma ser o investimento. Por isso, além de priorizar as mudanças, é fundamental definir e acompanhar indicadores de resultados.

Dessa forma, será possível entender o retorno que cada ação está gerando e, assim, avaliar se um novo investimento faz sentido.

Tenha em mente que uma das grandes vantagens da Indústria 4.0 está na redução de custo e no aumento da produtividade. Portanto, a sua empresa tem muito a ganhar nessa jornada.

Ficou como alguma dúvida sobre como começar a adotar a Indústria 4.0? Deixe a sua pergunta nos comentários para trocarmos conhecimento!

Totvs_voz da industria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *