A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

18320

Aumente eficiência e ainda reduza custos com big data em sua indústria

Usado para definir um conjunto de novas tecnologias para armazenar e processar grandes volumes de informações, o Big Data se bem explorado, vai ajudar as empresas de máquinas e equipamentos a reduzir custos, melhorar a eficiência e aumentar a receita ao oferecer serviços agregados e o desenvolvimento produtos. Segundo análise do Ministério da Educação e Desenvolvimento da Alemanha, de 2012, essa transformação é tão revolucionária quanto a popularização do uso da máquina a vapor.

De acordo com o consultor de pré-vendas do SAS Brasil, Marlos Bosso, a expectativa é de que, em 2020, mais de 40 bilhões de dispositivos inteligentes conectados à internet estejam em funcionamento em todo o mundo. Vários dos dispositivos eletrônicos de plantas industriais estarão conectados à mesma rede conversando entre si e essas comunicações serão armazenadas para análises.

"As vantagens são tão grandes que aqueles que demorarem ao adotar essas tecnologias certamente perderão competitividade", afirma Bosso

Essas informações poderão ser analisadas, permitindo identificar padrões e eventos com mais agilidade e assertividade. O que, na opinião do consultor, vai facilitar a manutenção preditiva permitindo a recuperação imediata antes de uma falha, o que evita a manutenção corretiva e eventuais perdas associadas a falha e diminuindo as paradas.

Assim, será possível determinar o tempo necessário a cada peça ou grupo de peças no processo de cura de componentes de uma máquina, considerando temperatura, pressão, umidade do dia, além de qualidade da matéria-prima. Dessa maneira, não será usado o mesmo tempo para todos os objetos, o que permite a qualidade desejada com redução de tempo e custos de reparos.

Informações

Bosso explica que as empresas podem coletar as informações de todos os seus produtos em todos os seus clientes, usá-las para entender melhor os padrões de uso e desenvolver soluções melhores para as necessidades e criar serviços agregados. Por exemplo: junto com um equipamento, podem ser oferecidos serviços de monitoramento remoto para avisar sobre falhas que estiverem para ocorrer, além de dicas de otimização operacional com os dados coletados e processados.

Isso já uma realidade em setores como o aeronáutico, em que e as grandes fabricantes de aviões oferecem às empresas aéreas um serviço que avisa quando as aeronaves devem passar por manutenção e dão dicas para melhor uso e menor gasto, exemplifica o especialista.

manufatura avançada - infográfico

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar