A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Sistemas de automação industrial

Sistemas de automação industrial: 6 motivos para implantar

Os sistemas de automação industrial têm se mostrado cada vez mais úteis para empresas de médio porte. Seu primeiro e principal impacto diz respeito à mudança de tarefas repetitivas. Com a alteração do sistema manual para o automatizado, tarefas são realizadas em um espaço de tempo menor e com qualidade, o que traz um ganho de produtividade.

“A automação existe para gerar ganho de produtividade nas tarefas industriais, além de privar o operário de tarefas perigosas, primando pela saúde ocupacional”, destaca Osvaldo Lahoz Maia, gerente de inovação e tecnologia do Senai de São Paulo.

6 motivos que tornam os sistemas de automação industrial uma necessidade no mercado

Aumento da produtividade

Esse aspecto é algo que interessa bastante aos empresários. Ao deixar de ser manual para ser automatizado, o processo se torna mais rápido. É possível, por exemplo, ampliar os ciclos e turnos de produção, realizando processos com maior eficiência, índice maior de repetição e um menor risco de desperdício. Ou seja: impactos diretos na lucratividade de uma indústria.

Redução de custos

Além de aumentar a produtividade, a automação (consequentemente) reduz os custos. Isso porque a máquina consegue trabalhar de modo mais ágil, controlado e seguro que o homem. “As empresas precisam diminuir seus custos de produção e, para isso, é preciso aumentar a produtividade da instalação com a automação industrial”, comenta Cagnin. Além disso, cabe ressaltar que a automação também reduz o uso da energia elétrica.

Qualidade e padronização de produtos

Aqui, temos um problema que é resolvido com a automação industrial. Um trabalho feito de modo automatizado tende a ter um padrão, pois as máquinas devidamente calibradas e ajustadas conseguem repetir processos sem desvio na qualidade. Assim, há um ganho direto na padronização nos produtos. 

Segurança

A substituição do homem pela máquina deixa de expor o funcionário a situações que podem ocasionar problemas de saúde. Ou seja, ambientes de risco, temperaturas extremas, contato com elementos químicos ou explosivos, entre outros, são situações em que sistemas de automação industrial pode assumir.

Como os sistemas automatizados são programados, se isso for feito corretamente, as chances de acidentes são bastante baixas. Com isso, em locais onde há risco à saúde ou à integridade física, os equipamentos são indicados, pois podem eliminar totalmente a necessidade da exposição e da presença humana.

Monitoramento e controle

Sistemas de operação remota e controle trabalham em conjunto com os sistemas de automação industrial. Contando com a ajuda de sensores e outros tipos de alerta, por exemplo, a automação industrial minimiza os riscos de acidentes e as falhas na produção em si. Além disso, eles são capazes de gerar dados que podem ser úteis para a gestão.

Investimento na automatização

O investimento para a implantação da automação na indústria é variável. Há automações de baixo nível e, portanto, relativamente baratas. Mas as de altíssimo nível, que envolvem softwares de ERP e outros recursos, exigem um valor maior de investimento. Entretanto, o que se pode garantir é que, quando bem planejado, o investimento é seguro. De acordo com o especialista do Senai São Paulo, “você recebe de volta o que implantou depois de um período”, destaca.

É importante reforçar que esse investimento pode ser bastante alto, pois o processo de implantação não é algo trivial. Nesse contexto, é preciso, também, analisar o dinamismo do mercado, o ritmo de produção, entre outros fatores para saber em quanto tempo terá o retorno do que foi investido em automação, que é certo, mas é preciso avaliar o mercado, pois ele virá conforme as condições econômicas existentes. Então, em alguns casos, é necessário um pouco de paciência.

CTA_Usinagem híbrida_ onde e como empregar na sua indústria

Ocultar comentários

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar