A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Saiba o que é e entenda os benefícios da RPA na indústria

Saiba o que é e entenda os benefícios da RPA na indústria.png
Quando bem instalada, a RPA na indústria permite a conquista de benefícios, visando maior eficiência operacional.

Você já ouviu falar sobre o termo Robotic Process Automation (RPA)? Basicamente, ele representa o uso de robôs de software para automatizar as tarefas repetitivas, normalmente executadas pelos trabalhadores em uma organização. Exatamente por isso, o uso da RPA na indústria ganha os holofotes do setor.

A adoção da RPA ocorre com o objetivo de realizar atividades mais burocráticas, que deixam de ser desenvolvidas por operadores humanos e passam a ser realizadas por robôs ou bots.

Diante da importância desse tema, convidamos Edilson Cravo, CMO da Kalatec Automação, para falar sobre o que é a RPA na indústria, além de suas possibilidades e vantagens que estimulam sua adoção dentro do setor.

Tecnologia RPA: entenda o que é e sua função

RPA é uma sigla em inglês para “automação de processos robóticos”, caracterizada como sendo uma ferramenta para automatização, que envolve o treinamento de um robô ou bot para concluir tarefas repetitivas e demoradas, interagindo com os aplicativos por meio de suas interfaces de usuário.

“O RPA engloba basicamente a utilização de softwares inteligentes programados para automatizar um trabalho até então executado apenas pelo ser humano. Por oferecer isso, essa é uma prática cada vez mais comum em linhas de montagem de inúmeras fábricas”, cita Cravo.

No setor industrial, a tecnologia RPA realiza atividades mais burocráticas, que deixam de ser desenvolvidas por operadores humanos. “O RPA se trata de uma tecnologia desenvolvida para robotizar os processos manuais repetitivos, com baixo teor de inteligência, que geram pouco valor para as empresas”, explica o CMO da Kalatec.

Importância da adoção da RPA na indústria

Por meio de tecnologias específicas, a RPA pode ser configurada para repetir algumas ações quantas vezes forem necessárias, podendo ser duplicadas ou triplicadas.

Sendo assim, os motivos que levam uma empresa a adotar uma ferramenta RPA se baseiam em melhorar a agilidade e os resultados dos processos, obter eficiência operacional e reduzir custos.

Dentro deste cenário, Edilson Cravo ressalta que a tecnologia RPA na indústria pode ser utilizada nas mais diversas tarefas, aprimorando processos, principalmente os operacionais, em diversos setores.

“Praticamente todos os dias temos contato com algum robô nas áreas financeira, jurídica, de saúde, marketing, tecnologia, educação, transporte, logística, entre outras, que nem percebemos”, ressalta.

Dessa forma, temos como principais aplicações da RPA na indústria:

  • Cobranças

Tanto na automatização do processo de cobrança de clientes, como na comunicação das empresas com seus consumidores, é possível implantar essa automatização. A RPA permite envio de e-mail automático, registro de atualizações, verificação de pedidos e histórico de dados dos clientes, entre outras tarefas.

  • Cálculos Complexos

A RPA também realiza cálculos complexos de matemática, reduzindo falhas humanas no processo e garantindo um procedimento mais efetivo, contribuindo para a melhoria de resultados da empresa.

  • Notificações

Muitas empresas utilizam a tecnologia de RPA para programar o envio de notificações ou e-mails automáticos aos seus clientes, diminuindo o risco de esquecimento ou perda de prazos, ocorrências que mancham a imagem da organização.

  • Relatórios de Conformidade

Os robôs também geram relatórios, independentemente do tipo de documento. Cabe à RPA unir vários dados em um único arquivo. “Com isso há otimização do tempo dos profissionais, que, por sua vez, podem se concentrar na análise dos levantamentos”, diz Cravo.

  • Gestão de Dados

Quando adotada, a RPA na indústria proporciona mais eficácia na gestão de dados fazendo com que o planejamento da organização se torne mais previsível e confiável. Pode, inclusive, ajudar na centralização de dados, tão importante para o atual contexto do setor.

“Com o robô, a máquina não erra na previsão do tempo necessário para a execução de uma tarefa, por exemplo. Isso auxilia a gestão na tomada de decisões mais precisas e planejamentos mais assertivos”, cita o CMO da Kalatec.

Vantagens que estimulam a adoção da RPA na indústria

Com a robotização implementada, o setor industrial passará a usufruir de vantagens que se estendem aos seus colaboradores.

“Como em uma engrenagem, com a RPA na indústria funcionários deixam de fazer movimentos repetitivos, reduzindo o número de lesões. Além disso, os processos ganham agilidade, rapidez e consequentemente mais ganhos”, cita Cravo.

Dessa forma, dentre as vantagens da RPA, temos:

  • Automatização de Tarefas Manuais

A RPA elimina as demoradas e repetitivas funções manuais, como é o caso das consultas de informações, validação de dados e preenchimento de formulários. Com isso, a empresa pode adotar estratégias na alocação de recursos e organização de pessoal.

  • Ganho de Produtividade

Imagine uma atividade manual, como a alimentação da base de dados, por exemplo. O ser humano pode se enganar nas anotações e produzir relatórios e análises equivocadas, além da necessidade de se refazer o trabalho. Com a robotização, o tempo das tarefas é reduzido e ganha-se precisão 24 horas por dia, 7 dias por semana.

  • Redução de Riscos

Os riscos também são fatores a serem considerados em processos de produção, especialmente os que dizem respeito a erro humano, exigindo retrabalho, como: cobranças erradas de faturas, pagamentos duplicados, cobranças de faturas esquecidas, etc.

“Em quase todos os processos de uma empresa existem atividades de alto risco, para as quais se deve dar maior atenção, e a RPA pode ser de grande valia”, opina Cravo.

  • Flexibilidade

O sistema de robotização proporciona flexibilidade ao processo produtivo, devido à possibilidade de ser integrado com outros softwares de gestão. A RPA pode ser aplicada em diferentes escalas e, por isso, pode ser usada por muito mais tempo, sem grande investimento adicional.

“A junção da RPA na indústria com outras tecnologias promove uma economia de custos e permite que os recursos sobressalentes sejam utilizados para explorar novos projetos e oportunidades de negócios”, finaliza Cravo.

Dessa forma, o uso de RPA na indústria é considerado como uma vantagem competitiva estratégica para o setor. Ao realocar colaboradores para atender demandas que requerem maior atenção, potencializa-se a performance no ambiente de trabalho, garantindo, assim, maior eficiência do negócio.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar