Gestão, Inovação

Manufatura Avançada nas ferramentarias: veja como adotar

A produtividade é o motor que impulsiona o desenvolvimento do setor industrial, além, é claro, de um fator determinante tanto para o sucesso quanto para o fracasso de uma empresa. Nesse sentido, a Manufatura Avançada (Indústria 4.0) chega para alavancar os sistemas produtivos ao unir automação, robótica e tecnologias avançadas para transformar de forma abrangente toda a esfera da produção industrial, incluindo, evidentemente, as ferramentarias.

A seguir, separamos algumas dicas sobre como as empresas desse ramo podem começar a trabalhar dentro do modelo de produção 4.0, além dos benefícios decorrentes da modernização dos seus processos. Confira:

Manufatura Avançada nas ferramentarias: o que aplicar?

Dentre os recursos relacionados à Manufatura Avançada mais indicados para a aplicação nas ferramentarias, podemos destacar:

1. Sistemas de Gerenciamento Integrado

A maioria dos gestores já sofreu com a falta de comunicação entre equipes e sistemas da empresa ou, até mesmo, com clientes e fornecedores. Por isso, na Manufatura Avançada, os sistemas são integrados para que todas as operações passem a ser registradas e o fluxo das informações e das atividades monitorado, aumentando, assim, a produtividade e a otimização de todos os processos da empresa.

As informações passam também  a ser mais seguras e atualizadas, quando necessário, remotamente, em dispositivos como computadores, tablets e celulares.

2. Programação CNC

A programação CNC com compensação 3D é um dos pontos importantes para a aplicação dos conceitos da Manufatura Avançada nas ferramentarias. O comando da máquina CNC e o pós-processador do CAM deverão estar configurados para que ocorram tais compensações.

Dessa forma, poderão ser reduzidos:

  • Desperdícios gerados pela troca de ferramentas realizada prematuramente, devido a pequenos desgastes;
  • Tempo perdido em função de pedido para que o programador CNC reprocesse um programa com a ferramenta com diâmetro ou raio menor;
  • Perdas de setup em razão da retirada de peças da máquina sem elas estarem com os dimensionais aprovados.

3. Robotização

A criação de células robotizadas nos setores de eletroerosão de penetração (EDM), eletroerosão a fio (WEDM) e nos centros de usinagens é de extrema importância para o aumento da produtividade, a melhoria da qualidade e a redução de custos.

Em uma ferramentaria, contudo, o número de funcionários não tende a diminuir muito. Nesse método de trabalho, os colaboradores passariam a ter um papel de extrema importância. A diferença é que o operador atuaria não mais para uma máquina, mas para uma célula completa e altamente produtiva. Os principais ganhos viriam por meio do aumento da produtividade, da redução do tempo em máquina e de do lead time, assim como do aumento da vida útil das ferramentas e da melhoria da qualidade e diminuição de defeitos.

4. Operação em 5 eixos

O uso de Centros de Usinagem 5 Eixos no processo de fresamento permite aumentar a taxa de remoção nos materiais e melhorar a qualidade dimensional das peças usinadas. Além disso, o fresamento em cinco eixos possibilita maior liberdade de orientação das ferramentas em relação ao realizado em três eixos, o que favorece o desenvolvimento de uma grande vantagem em relação ao processo convencional.

No fresamento em centros de usinagem 5 eixos, também há a vantagem da acessibilidade da ferramenta em determinados ângulos negativos e faces da peça, nos quais a máquina convencional não tem acesso. Por isso, esta tecnologia de usinagem  na fabricação de moldes e matrizes exige alta capacitação técnica das equipes, em função da complexidade das programações e da operação como um todo.

5. Metrologia ótica 3D

Este é um recurso bastante útil da Manufatura Avançada nas ferramentarias. Também conhecida como medição por escaneamento, ele utiliza um escâner 3D para medição e inspeção tridimensional, agregando mais facilidade e agilidade a esses processos, além de ter a vantagem de a medição não demandar contato físico com as peças que estão sendo analisadas.

Benefícios da aplicação da Manufatura Avançada nas ferramentarias

Entre os benefícios dessa iniciativa, podem ser relacionados:

  • Redução de custos;
  • Economia de energia;
  • Aumento da segurança;
  • Conservação ambiental;
  • Redução de erros;
  • Diminuição ou eliminação do desperdício;
  • Transparência nos negócios;
  • Aumento da qualidade de vida;
  • Personalização e escala sem precedentes.

“Os setores de engenharia de projetos e as ferramentarias devem aproveitar tais transformações tecnológicas para impulsionar o processo de redução de custos, o aumento da qualidade e da produtividade e a redução do lead time. Esta quarta revolução industrial é uma maneira de estar nivelado ou à frente dos concorrentes em nível global”, explica Paulo Macedo, mestre em Engenharia pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *