Gestão

Nova tecnologia dá mais velocidade e leveza às máquinas de corte

Um dos mais recentes lançamentos destinados à indústria metalmecânica brasileira, a tecnologia Power Head tem tudo para ganhar espaço no chão de fábrica das empresas do setor que têm a necessidade de melhorar o desempenho de puncionadeiras e tesouras portáteis.

O recurso nada mais é do que uma ferramenta elétrica movida por baterias recarregáveis de íon de lítio que apresentam alta potência (10,8 V) e são combinadas com um cabeçote de engrenagem otimizado, capaz de garantir uma velocidade elevada e contínua às operações de corte. A novidade também possui um regulador integrado que compensa as saliências temporárias nas chapas de metal, proporcionando um corte preciso e livre de rebarbas, até mesmo em superfícies dobradas.

“O cabeçote da engrenagem de alumínio é otimizado de tal maneira que dá mais capacidade para a bateria e garante uma perda de energia mínima, separando o pinhão do motor”, ressalta Cleber Veronese, gerente de Serviços da TRUMPF do Brasil, empresa responsável por trazer a tecnologia para o mercado nacional.

Diferenciais da tecnologia Power Head para máquinas de corte

Um dos grandes diferenciais das máquinas de corte com a tecnologia Power Head está na bateria de íon-lítio, que reflete diretamente na produtividade da indústria metalmecânica, já que pode otimizar a operação da máquina de corte em até 20%.

Além disso, os equipamentos que apresentam o recurso costumam ser 30% mais leves do que os modelos convencionais do mercado, reduzem o número de pausas durante a execução do trabalho e contam com um monitor de células elétricas individuais na unidade da bateria e no carregador, capaz de proteger a bateria de sobrecarga, sobreaquecimento e descarga profunda, garantindo, assim, mais eficiência e um tempo maior de execução.

O equilíbrio do peso entre o cabeçote da engrenagem e o motor da máquina de corte também oferece uma fixação segura, que permite aos usuários operar as ferramentas por longos períodos sem provocar desconforto. “As máquinas são as mais leves disponíveis no mercado, por isso possibilitam um manuseio mais fácil e manobras altas, já que também são menores”, destaca o gerente da TRUMPF.

Quer conhecer outras tecnologias e soluções inovadoras para a indústria metalmecânica? Siga acompanhando o nosso canal de conteúdo e até a próxima.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *