Inovação

Nova tecnologia de corte a plasma pode reduzir pela metade custos operacionais

O corte a plasma vem ganhando cada vez mais importância na indústria brasileira não só por atender às mais variadas necessidades, com a sua ampla faixa de espessuras e tipos de materiais, mas também por aumentar a produtividade, entregar qualidade e reduzir custos operacionais. Diante disso, novas tecnologias incorporadas à técnica vêm surgindo no mercado para otimizar a forma de cortar materiais. Um bom exemplo disso é a plataforma de plasma X-Definition, novidade que está disponível pela primeira vez em um sistema de 300 amperes, denominado XPR300.

Lançada oficialmente na EXPOMAFE – Feira Internacional de Máquinas-Ferramenta e Automação Industrial que acontece até amanhã, dia 13 de maio, no São Paulo Expo, a novidade promete reduzir pela metade os custos operacionais, além de possibilitar a realização de perfurações mais profundas e aprimorar a qualidade do corte em aço-carbono, aço inox e alumínio. Tudo isso graças as recursos Cool Nozzle e Arc Response Technology – este último responsável por proteger os consumíveis de erros comuns à atividade. Afinal, ao reduzir o impacto dos erros, os consumíveis XPR podem durar até três vezes mais do que as gerações mais antigas.

O plasma X-Definition  também aumenta a velocidade do corte e utiliza a energia de forma mais eficiente. “Se antes era possível cortar mil peças por dia, agora, com a nova tecnologia, eu consigo fazer 1.200, 1.300 peças no mesmo período de tempo e consumindo menos energia, já que a plataforma possui componentes mais eficientes que demandam menos eletricidade”, explica Eduardo Alves, gerente de serviço técnico da Hypertherm, que também destaca a facilidade de manuseio do sistema. “É como se você estivesse operando um tablet”, conclui.

 

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (No Ratings Yet)
Loading...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *