A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

O papel do cobre na indústria

Article-O papel do cobre na indústria

O papel do cobre na indústria.png
Produtos fabricados a partir do cobre e suas ligas seguem estritamente as normas técnicas aplicáveis a transformação, garantindo qualidade aos produtos

O cobre desempenha um papel fundamental na indústria. Isso porque ele possui diversas propriedades, muitas delas únicas, o que torna esse material versátil e de grande interesse para o setor.

O metal é usado há muitos anos e sua importância no universo da manufatura só cresce.

Alguns aspectos justificam seu uso e explicam o papel do cobre na indústria. Entre eles, a condutividade elétrica, uma vez que o cobre é superado apenas pela prata nesse aspecto, e a condutividade térmica, sendo ideal para a fabricação de componentes de resfriamento em eletrônicos, sistemas de aquecimento e trocadores de calor.

Além disso, características como durabilidade, resistência à corrosão e soldabilidade, em virtude da maleabilidade e ductilidade, também se destacam.

Segundo Walter Sanches, Diretor de TI da Termomecanica, as vantagens oferecidas pelo cobre podem beneficiar efetivamente diversos setores da indústria. Esse metal possui excelente condutividade térmica e elétrica, conforme supracitado, além de boa conformabilidade a frio, portanto, merece (e deve) ser explorado.

“O cobre possibilita a fabricação de diversos componentes e em diferentes formatos e geometrias”, ressalta Walter.

Resistência e durabilidade do cobre

Duas características inconfundíveis do cobre justificam o seu uso na indústria de maneira geral: resistência e durabilidade.

Por exemplo, essas propriedades beneficiam a produção de terminais elétricos, transformadores, placas eletroeletrônicas, interruptores, reatores eletrônicos, cabos de força, perfil de contato trolley, cabos prolongadores, extensão, soquetes para iluminação, disjuntores, estruturas, entre outros.

Tipos de cobre  na indústria

Barras de cobre

“As barras de cobre, por exemplo, podem ser utilizadas em terminais elétricos para transformadores. E as fitas de latão aplicadas na produção de contatos elétricos diversos”, explica o diretor, ressaltando o uso do cobre na indústria elétrica.

Já  as fitas, barras redondas e retangulares de cobre prata podem ser empregadas nas aplicações em que se necessita de maior resistência ao aquecimento, como é o caso da fabricação de coletores e em situações em que é preciso unir a condutibilidade elétrica e a dureza mais elevada em comparação com outras ligas com alta condutibilidade elétrica.

Essas características, a propósito, variam de acordo com o teor de prata na liga.

Outra aplicação das barras de cobre é em sistemas de aterramento. Elas são enterradas no solo para proporcionar uma via de baixa resistência, a fim de dissipar correntes elétricas indesejáveis e garantir segurança.

Já na indústria de construção, o cobre é empregado nas aplicações estruturais e de suporte em virtude da resistência e durabilidade.

Por sua vez, a indústria automotiva utiliza as barras de cobre nos sistemas elétricos e eletrônicos dos carros. O metal apresenta excelente conectividade elétrica e auxilia na eficiência operacional de diferentes componentes.

Cobre elox

Walter contribui com outro exemplo: “o cobre elox geralmente é utilizado em situações em que é preciso contar com alta condutibilidade elétrica e térmica, bem como quando a presença do oxigênio deve ser controlada, devido a necessidade de dobramento especial em conectores elétricos”.

Cobre eletrolítico

O cobre eletrolítico pode ser usado como condutor elétrico, perfil de contato trolley, barramento, chave elétrica, quadro de força, etc.

Ele é muito bem aceito também na indústria metalúrgica, uma vez que pode ser usado na produção de ligas metálicas, entre as quais, bronze e latão. Ambas apresentam diversas aplicações, tais como a produção de peças de máquinas, ferramentas e utensílios.

Metal nobre

Para se ter uma ideia da importância do cobre na indústria, Walter afirma que, de todos os metais comuns empregados, o metal puro apresenta a mais alta classificação para a condutividade térmica e elétrica, possuindo o valor de 100% IACS (International Annealed Copper Standard – Padrão internacional para Cobre recozido).

Outra vantagem é que por ser um elemento de transição e um metal nobre, o cobre conta com propriedades semelhantes às da prata e do ouro, porém, com um valor inferior.

“As ligas de cobre também estão em sinergia com a sustentabilidade, pois oferecem a possibilidade de inúmeras reciclagens sem alteração em seu desempenho, possibilitando, posteriormente, a reutilização de sobras após a sua industrialização.”

Produtos fabricados a partir do cobre e suas ligas seguem estritamente as normas técnicas aplicáveis a transformação, garantindo à indústria um produto com garantia de qualidade e eficácia, gerando, assim, maior competitividade às empresas.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar