Indústria 4.0 by TOTVS

Redução de custo na manutenção de máquina com a Indústria 4.0

Descubra como a Indústria 4.0 impacta na redução dos custos de manutenção das máquinas de uma empresa

A Indústria 4.0 está transformando o modo de organizar e de produzir das indústrias, reduzindo perdas e custos, enquanto aumenta a produtividade e lucratividade das empresas – tudo isso com a utilização de novas tecnologias e gerenciamento de dados.

“Inovações de várias naturezas já estão acontecendo no ambiente industrial. Sistemas que usam inteligência artificial e computação em nuvem têm sido adaptados para as necessidades da manufatura”, diz o engenheiro Ricardo Caruso, instrutor do programa de Indústria 4.0 da Fundação Vanzolini.

Na área da manutenção das máquinas, isso não é diferente: a Indústria 4.0 é capaz de aumentar a eficiência e reduzir os custos necessários para manter as máquinas em bom estado de funcionamento – até mesmo aumentando a vida útil dos equipamentos.

Confira, a seguir, a importância deste campo na transição das empresas para este novo modelo industrial.

O impacto das manutenções na competitividade

Em um mercado cada vez mais competitivo, as indústrias devem estar sempre preparadas para não perder eficiência em relação às concorrentes, pois isso pode ser uma falha extremamente prejudicial ao crescimento da empresa. Um imprevisto que obrigue a indústria a realizar uma parada forçada na linha de produção gera gastos com substituição das peças e contratação de equipe para reparação com urgência, o que pode resultar em um custo de milhares de reais à empresa.

Por isso, é de extrema importância que as empresas visem otimizar a manutenção da sua linha de produção, garantindo o correto funcionamento e eficiência para manter seus padrões de qualidade e produtividade – e a Indústria 4.0 oferece grandes avanços tecnológicos para prevenir este tipo de problema.

As soluções da Indústria 4.0 para a manutenção das máquinas

Caruso afirma que o monitoramento dos equipamentos industriais para a antecipação de falhas – conhecida como manutenção preditiva – é uma área de aplicação já bastante madura.

O instrutor do programa de Indústria 4.0 explica o seu funcionamento: “sistemas de inteligência aprendem o comportamento normal dos equipamentos por meio de dados de seus sensores e identificam os primeiros sinais de deterioração de performance, permitindo à equipe de manutenção decidir o melhor momento de atuar no equipamento, reduzindo o impacto na produção e evitando custos com manutenções desnecessárias”.

Dessa forma, a manutenção preditiva é capaz de constatar a necessidade de intervenções previamente, o que diminui a quantidade de danos aos equipamentos e o tempo necessário para a inspeção e manutenção das máquinas.

Os sistemas possuem sensores capazes de analisar mudanças de vibração, pressão, temperatura e consumo, por exemplo, para, então, comunicar os responsáveis pela manutenção da necessidade de troca de peças antes que a máquina deixe de funcionar.

Assim, as tecnologias empregadas na Indústria 4.0 são capazes de fornecer diagnósticos precisos, maximizando a vida útil das máquinas e garantindo a disponibilidade dos equipamentos – além de evitar falhas e interrupções inesperadas na linha de produção.

Para as empresas, utilizar esse tipo de tecnologia é um ótimo negócio: significa maior segurança na sua linha de produção e diminuição de seus custos com manutenção, enquanto aumenta a lucratividade e a eficiência.

Você já conhecia o impacto da Indústria 4.0 na redução dos custos de manutenção de máquinas? Como você enxerga essa tendência dentro da sua empresa? Até a próxima!

Totvs_voz da industria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *