Indústria 4.0 by TOTVS

Entenda como a segurança de dados é fundamental na Indústria 4.0

A Indústria 4.0 está associada ao uso da tecnologia em todos os processos e ao grande volume de coleta e análise de dados. Com isso, surge uma preocupação que pode se tornar um grande inimigo das empresas: proteger essas informações para que elas não sejam perdidas ou, pior ainda, utilizadas de maneiras prejudiciais ao negócio.

Continue a leitura e entenda melhor a importância e as atitudes que precisam ser tomadas para garantir a segurança de dados na Indústria 4.0.

A Indústria 4.0 e o volume de dados

A Indústria 4.0 está diretamente relacionada à conexão e geração da dados permanentes entre máquinas, equipamentos e softwares de gerenciamento“Sensores fabris de temperatura, pressão, densidade, velocidade de esteira, entre outros exemplos estão interligados e se comunicando com uma central, responsável por analisar e coletar dados gerados a cada segundo”, explica Rafael Taissun, analista de segurança da informação certificado CISSP. Ou seja, é possível coletar uma infinidade de dados de todos os processos e atividades.

E por menor que seja, a quantidade de sensores gerando informações demanda uma capacidade enorme de armazenamento. Em outras palavras, a Indústria 4.0 permite coletar dados de uma forma nunca vista antes.

Por que pensar em segurança de dados é tão importante?

Antes de qualquer coisa, é preciso definir o que os dados representam para o seu negócio. “Você pode ter um dado que considera não sigiloso e que, em mãos de qualquer pessoa, não representaria um problema. Assim como é possível ter um dado que, em mãos erradas, poderia gerar grandes prejuízos para a organização, como fórmulas químicas de um produto ou a senha utilizada na portaria eletrônica”, explica Taissun.

Para o especialista, o risco final e mais danoso para uma empresa em relação à segurança de dados é o dano causado à imagem. “Falhas de segurança, quando não são bem administradas, podem causar mais danos à imagem da empresa do que o incidente em si, principalmente se a comunicação com o público não for boa.”

Além disso, os riscos à segurança de dados estão relacionados à disponibilidade, confidencialidade e integridade. “Como exemplo temos os dados de clientes que são vazados ao público em geral (confidencialidade), sistemas que deixam de operar devido a falhas técnicas (disponibilidade) e alterações de informações em bancos de dados que causam o processamento errado de dados (integridade)”, completa.

Por onde começar?

“O investimento necessário para proteger todos os dados de uma organização é incalculável, por isso, precisamos investir de forma seletiva e focada, protegendo aquilo que é mais sensível e sigiloso”.

Dessa forma, a segurança de dados pode ser trabalhada a partir de diferentes frentes, sempre com controles técnicos e processuais.

Os controles técnicos envolvem, por exemplo, a criptografia de dados e a autenticação de acesso, permitindo que apenas pessoas selecionadas tenham acesso à informação. Já os controles processuais podem partir do treinamento e educação daqueles que manipulam diretamente a informação.

A segurança de dados deve levar em consideração a criticidade das informações para que investimentos sejam direcionados e efetivos, e dados especialmente sensíveis devem receber maiores controles de segurança do que dados não sensíveis.

Os desafios da segurança na Indústria 4.0

Provavelmente, um dos maiores desafios que envolve o universo dos dados na Indústria 4.0 é compreender as informações que são valiosas para tomar decisões e aprimorar os processos. Feito isso, é fundamental levantar a origem, processamento e forma de armazenar esses dados.

“Ter um inventário de todas os dispositivos de IoT (Internet das Coisas) dentro de uma empresa é desafiador. Isso porque a facilidade atual de desenvolvê-los é alta, ao mesmo tempo em que faltam processos de controle de qualidade durante o processo”, afirma Taissun.

Começar a pensar em diretrizes, educação e proteção de dados é uma tarefa que não deve esperar a total implementação da Indústria 4.0 acontecer. Afinal, estamos falando de informações valiosas e críticas da sua empresa, e que devem ser tratadas como tal.

Totvs_voz da industria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *