Gestão

Três erros que deixam sua empresa longe da Manufatura Avançada

Não é de hoje que falamos por aqui que a indústria brasileira como um todo precisa “correr atrás do prejuízo” para tirar o atraso em relação à implementação dos conceitos da Manufatura Avançada (Indústria 4.0) e, consequentemente, aumentar sua produtividade e competitividade em relação ao mercado internacional.

É verdade que muitas empresas brasileiras estão investindo na chamada quarta revolução industrial. Apesar disso, por desconhecimento, ou na tentativa de pular etapas, algumas delas acabam falhando nessa implantação.

Pensando nisso, separamos, a seguir, três erros comuns que podem atrapalhar sua indústria a entrar no modelo 4.0. Confira!

1. Má gestão dos fornecedores das tecnologias de Manufatura Avançada

O conceito da Manufatura Avançada envolve mais otimização do que invenção, tanto que muitas das tecnologias industriais existentes, como robôs, sensores e computadores, já existem há décadas.

“A inovação está na integração de todas essas tecnologias para criar fábricas inteligentes”, resume Paulo Sandres, consultor de serviços tecnológicos do Instituto SENAI de Tecnologia Automação e Simulação.

Pode ser mais atrativo escolher fornecedores pelos preços mais baixos e com as maiores promessas. Entretanto, não é uma boa ideia adquirir vários produtos (tanto hardware como softwares) de diferentes fornecedores sem ter a garantia de que existirá uma boa integração entre eles.

Uma vez que você invista em apenas um fornecedor, é difícil fazer a transição de toda a sua infraestrutura para um concorrente. Por isso, é preciso ter atenção especial na hora da compra, evitando ficar muito dependente de uma única empresa, ao mesmo tempo que precisa garantir total integração entre produtos de diferentes fornecedores.

2. Falta de medição de impacto da Manufatura Avançada

Os projetos de transformação digital do chão de fábrica precisam ser planejados para gerar um impacto nos negócios, em termos de maiores receitas, menores custos e melhores serviços. Isso significa que, antes do investimento, é preciso quantificar o que a sua indústria realmente precisa no momento e o que espera crescer nos próximos anos.

Sem essa previsão, é possível que a aquisição da infraestrutura seja mal dimensionada, gerando  um alto gasto com equipamentos que poderão ficar ociosos, ou mesmo  deficientes ou obsoletos no médio e longo prazo.

A falta de consideração desse aspecto implica em ineficiências na operação final, custos extras, além de falta de escalabilidade e de modularidade.

3. Pular etapas de implantação de tecnologias

“A tecnologia é um elemento fundamental na transformação digital e, portanto, é comum encontrar vários erros nessa área. Muitos empresários acreditam que a Manufatura Avançada requer a substituição completa dos equipamentos de sua linha produtiva. Na realidade, esta nova revolução industrial propõe a utilização da infraestrutura existente e o estudo de formas para integrá-la com tecnologias digitais”, salienta Sandres.

Por isso, é preciso levar em consideração que deve existir uma transição até que todos os processos industriais se tornem digitais. Além disso, existe um período de adaptação dos processos e de aprendizado da mão de obra. Portanto,  se você tentar pular essas etapas, o trabalho de implantação da Manufatura Avançada poderá ser perdido.

Também é importante entender que é preciso fazer um diagnóstico da situação atual da indústria, elencando os seus pontos positivos e destacando os negativos, que precisam ser melhorados. A partir daí, vale a pena pensar em soluções híbridas que atendam às demandas e aos objetivos estipulados.

Na dúvida, o trabalho de uma consultoria pode acelerar todo esse  processo e aumentar a eficiência dos seus investimentos em Manufatura Avançada.

E na sua indústria, como está o processo de implantação da Manufatura Avançada? Quais são os seus principais desafios? Compartilhe a sua experiência conosco no campo de comentários abaixo e até a próxima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *