Gestão

Veja como melhorar a atuação do setor de compras na sua indústria

Como já dissemos diversas vezes por aqui, o caminho para o sucesso de uma indústria passa, inevitavelmente, pela definição de um bom planejamento estratégico, que engloba, por sua vez, o setor de compras. Afinal, a capacidade de comprar bem e de forma consciente tem reflexo direto na lucratividade de qualquer empresa, tendo em vista que negócios mal feitos tendem a gerar desperdício de tempo, material e dinheiro.

Além disso, estruturar esse departamento é fundamental para as companhias que não querem perder o bonde da retomada do crescimento econômico que vivemos atualmente. Portanto, confira, a seguir, algumas dicas especiais para colocar o setor de compras da sua indústria nos trilhos.

1. Otimize as compras que impactam efetivamente no preço de venda

Há alguns insumos bastante necessários para a indústria, pois são o ponto principal para a fabricação de determinados produtos e, por isso, impactam diretamente no seu preço final. Dessa forma, é preciso uma atenção especial do setor de compras no momento de aquiri-los.

No entanto, esta é uma etapa que também pede um cuidado do setor operacional da indústria, que precisa passar as informações de forma correta para que a compra feita  atenda às necessidades e não cause transtornos, como acaba acontecendo quando essa informação não é fornecida de forma correta ou ágil.

2. Prime pela qualidade da matéria-prima

“O setor de compras comumente trabalha com uma verba limite para realizar as aquisições solicitadas. Com isso, muitas vezes, o foco recai somente sobre o menor preço, o que pode ser um grande equívoco. Além disso,  aquela máxima de que o ‘barato sai caro’ acaba se tornando verdadeira. Portanto, comprar bem não é comprar mais barato, mas, sim, fazer a compra que trará melhores resultados para a empresa”, aconselha Regis Reis, professor do curso de Engenharia de Produção da Universidade Metodista de São Paulo.

Dessa forma, quando a indústria resolve comprar apenas com o foco no preço, corre o risco de gerar gastos extras, pois a qualidade do produto pode ser inferior a que se deseja passar para o cliente. Então, nesse momento, além de avaliar o preço, é importante que o setor de compras se certifique de que o produto é de qualidade e que atende as necessidades do setor operacional.

3. Qualifique seus fornecedores

“O setor de compras precisa conhecer as empresas das quais busca os equipamentos e insumos. Por isso, é importante planificar os fornecedores, observando três pontos fundamentais que impactam diretamente na qualidade do produto. Busque sempre efetuar compra daqueles que cumprem o prazo negociado, têm preço justo e entregam o produto em conformidade. Dessa forma, a entrega da indústria ocorrerá da forma acordada e no prazo esperado”, ressalta Reis.

4. Avalie a real necessidade de compra

Antes de levar adiante determinada compra, é preciso saber a real necessidade de sua efetivação. Por exemplo, há algumas indústrias que trabalham com pedidos programados mensalmente, sem realizar uma avaliação frequente e contínua dessa demanda. Com o mercado em recuperação, é comum que ocorram oscilações nas vendas, o que acarreta, naturalmente, em variação das necessidades de insumos para produção.

Dessa forma, um setor de compras eficiente não deve ser apenas operacional, mas atuar de modo estratégico e analítico em suas demandas.

5. Faça uma gestão da demanda eficiente

Analisar e buscar antever oscilações de mercado, evitando que ocorra excesso ou falta de produtos em estoque, é o objetivo da gestão da demanda.

“Quando bem feita, ela permite que a indústria alcance melhores índices de desempenho, como menor nível de estoque, maior disponibilidade de seus produtos no local e horário certos, além de um equilíbrio sustentável entre produção e seus níveis de estoque”, afirma o professor.

O setor de compras da sua indústria tem boas práticas para compartilhar? Conta pra gente no campo de comentários abaixo e até a próxima. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *