A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

CCM: como ele afeta o consumo de energia na indústria?

CCM como ele afeta o consumo de energia na indústria.png
O CCM é um tipo de painel elétrico que contribui positivamente com o consumo de energia elétrica em fábricas, reduzindo o consumo

No segundo trimestre de 2021, o consumo de energia cresceu 12,8% em relação ao mesmo período de 2020, de acordo com dados do Boletim Trimestral de Consumo de Eletricidade, da Empresa de Pesquisa Energética (EPE). A indústria é uma grande vilã deste consumo, com um crescimento na ordem de 22,3%.

Na indústria, o maquinário pesado é um dos fatores que mais consomem energia, eles dependem de energia fornecida por motores - elétricos em sua maioria - e que demandam grande quantidade de energia para funcionar.

Como forma de reverter este cenário, muitas fábricas estão apostando no Centro de Controle de Motores Inteligentes (CCM), que promove o uso racional e sustentável dos recursos naturais, permitindo que a indústria consiga economizar energia elétrica, além de reduzir o consumo de água.

Em razão disso, convidamos Fabio Amaral, CEO da Engerey Painéis Elétricos, para explicar o que são os CCM e como esses painéis elétricos afetam positivamente o consumo de energia no ambiente industrial.

Consumo de energia elétrica: O maior vilão da eficiência energética industrial

A indústria brasileira responde por mais de 30% do consumo final de energia e quase 40% da eletricidade consumida no Brasil. Dessa forma, além da iluminação, as fábricas costumam ter maquinário pesado, essencial para a produção, modelagem e fundição de materiais, mas que consomem muita eletricidade.

Além disso, todo processo industrial depende de energia fornecida por motores, elétricos em sua maioria, e que demandam grande quantidade de energia para funcionar, elevando a demanda por energia dentro do setor.

Mas, para agravar ainda mais a situação, Fábio Amaral salienta que algumas falhas e descuidos elevam ainda mais o consumo de energia elétrica no ambiente industrial. “Fatores como o incorreto dimensionamento das cargas dos motores e equipamentos elétricos, bem como a falta de manutenção e revisão dos equipamentos, geralmente contribuem para gastos adicionais de energia elétrica, que fato que muitas vezes passa despercebido pelo empresário”, diz.

Desta forma, evidencia-se a importância de avaliar estratégias para garantir maior eficiência energética nas indústrias, tendo no Centro de Controle de Motores Inteligentes (CCM) uma excelente estratégia para reverter o cenário.

CCM (Centro de Controle de Motores Inteligentes): Melhor estratégia para reverter o cenário

Como forma de reverter o cenário de consumo excessivo de energia elétrica, muitas fábricas estão apostando no Centro de Controle de Motores Inteligentes (CCM). Segundo o CEO da Engerey, o CCM é caracterizado como um painel elétrico que possui equipamentos para proteção, seccionamento e manobra de cargas onde estão conectados os cabos provenientes dessas cargas de energia.

“Como o próprio nome sugere, o Centro de Comando de Motores Inteligentes tem dispositivos de partidas inteligentes e integradas, que oferecem proteção e acionamento dos motores de máquinas. Na prática, trata-se de uma solução que promove o uso racional e sustentável dos recursos naturais, e assim serve para a indústria tanto economizar energia elétrica quanto reduzir o consumo de água”, cita.

Dessa forma, as fábricas que dispõem de um CCM têm a seu favor o controle absoluto de todo o conjunto de engrenagens e demais peças. “Este controle de cargas online, é feito, à distância ou presencialmente, através de um balanço de informações externas, geralmente alimentado nas bases”, complementa Amaral.

Neste processo, estão englobados:

  • Inversor de frequência, útil para o controle de velocidade;

  • Soft starter, que intervém na tensão de partida e causa menos impactos no início da operação;

  • Relés inteligentes, que são sistemas de gerenciamento de motores que contam com alta capacidade de comunicação em rede e nuvem, úteis também para o desligamento seguro dos motores;

  • Disjuntores, relacionados à energização, sendo possível eliminar desligamentos desnecessários, receber antecipadamente um alarme de problemas potenciais, reduzir o tempo de parada, isolar falhas de modo e distribuir ou equalizar as cargas enquanto um problema está sendo solucionado, por exemplo.

Por que sua fábrica deve investir em um CCM?

Quando adotado por fábricas, o uso do CCM garante uma série de vantagens que vão culminar em um consumo de energia mais inteligente.

Uma das principais vantagens do CCM citada por Fábio Amaral é que, devido ao processo ser digitalizado, a necessidade de interferência humana será minimizada. “Então, é possível evitar todos os tipos de acidentes, aumentando a segurança dos funcionários”, cita o especialista.

Além disso, o CCM Inteligente, respondendo às expectativas da Indústria 4.0, reduz a chance de falhas ou equívocos, através de diagnósticos que permitem uma manutenção preventiva, diminuindo assim paradas por problemas técnicos, o que sempre ocasiona perdas.

Diante dessas vantagens, o CEO da Engerey finaliza:

“Por aumentar a segurança dos operadores dos painéis, minimizar possibilidades de erros, operar de maneira preditiva, atuar de forma inteligente nos motores das máquinas, e reduzir drasticamente o uso de energia elétrica e água, o CCM colabora para a economia de tempo e dinheiro de todos os lados, sendo um verdadeiro aliado no quesito de produtividade”.

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar