A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

3 formas de economizar recursos na indústria

economia de recursos na indústria
Conheça três caminhos possíveis para uma produção mais econômica e otimizada!

Melhorar a eficiência das linhas de produção e diminuir os gastos com recursos importantes, como água e energia elétrica são metas importantes a serem seguidas pelo setor industrial. Economizar recursos na indústria apostando em novas tecnologias, que podem transformar uma fábrica comum em uma empresa inteligente, capaz de aprimorar seus processos de forma automatizada, evitando o desperdício de insumos e de tempo e ganhando em produtividade é essencial para elevar a competitividade no mercado.

Nesse contexto, uma das maneiras de economizar recursos na indústria, é utilizando-os de forma eficiente. Para isso, inicialmente, é preciso ter um planejamento no curto, médio e longo prazo.

“Estimar com assertividade as demandas e assim negociar com os fornecedores os melhores preços e prazos, reduzindo custos de inventário e obtendo ganhos financeiros é essencial nesse processo”, destaca a diretora de manufatura e logística da TOTVS, Angela Gheller.

Cabe ressaltar ainda que aliar a implantação de uma ferramenta de planejamento avançado com soluções de controle do chão de fábrica proporciona uma produção com maior eficiência de recursos, agrupando-os conforme as necessidades da indústria, possibilitando uma economia em processos e operações. 

Caminhos para economizar recursos na indústria

Há diversas ações que podem ser tomadas para economizar recursos na indústria. Entre eles, destacam-se:

1. Revisar processos

O primeiro passo é a revisão de processos. Ter um mapa atualizado, em tempo real de tudo que acontece, é muito importante para verificar se há falhas ou não na operação atual. Conhecer o nível de eficiência (OEE), quais são suas perdas efetivas e, mesmo, se há alguma parada afetando o ritmo das linhas, é recomendável e isso pode ser feito aplicando uma solução de MES (Manufacturing Execution System).

“Esta tecnologia traz uma grande visibilidade da operação com indicadores online, conectados diretamente às máquinas e equipamentos, com interfaces preparadas para uso no chão de fábrica”, pontua Gheller.

Esse processo a ser revisado inclui ainda a estrutura da indústria. Algumas indústrias, por exemplo, estão alocadas em construções antigas, nas quais os equipamentos e encanamentos não estão instalados de forma econômica.

Por isso, revisar processos para economizar recursos na indústria inclui também reavaliar aqueles que não estão diretamente ligados ao chão de fábrica, mas que impactam na produção e no consumo de recursos.

Recomenda-se também que conste no planejamento, sempre que possível, inspeções e manutenções periódicas e a construção ou ajustes de estruturas que prevejam a reutilização da água.

Uma das ideias a ser colocada em prática quando o assunto é a água é a construção de um sistema de reúso. Isso permitirá a reutilização para a limpeza do chão e de equipamentos, por exemplo, além da geração de energia e fará com que, de alguma forma, a sua indústria consiga ter maior rentabilidade e sustentabilidade.

2. Planejar as peças para diminuir o uso de recursos

Depois da revisão, vem o planejamento. Saber o funcionamento da fábrica, o que funciona plenamente e o que precisa melhorar é primordial para economizar recursos na indústria. Nesse sentido, um exemplo prático e com investimento com custo-benefício atrativo é a aplicação dos recursos de mobilidade no chão de fábrica para reduzir as movimentações desnecessárias dos técnicos e operadores.

“Isso é possível utilizando-se aplicativos, em tablets ou celulares, que permitam reportar a quantidade produzida imediatamente após sua conclusão no final da linha, ou, ainda, que possibilitem que um setup de máquina ou uma manutenção preventiva possa ser verificada pelo técnico de manutenção onde quer que ele esteja dentro fábrica”, destaca a diretora de manufatura e logística da TOTVS.

Outras possibilidades incluem o uso de tecnologias emergentes, como a prototipagem 3D e outras ferramentas de estudos digitais para que se desenvolvam as peças mais assertivamente, evitando erros e custos com a produção de itens inconsistentes.

3. Manter a manutenção das máquinas em dia

Uma máquina que não funciona corretamente ou que está parada por muito tempo pode gerar grandes problemas e tornar o plano de economizar recursos na indústria algo distante. A Indústria 4.0 tem uma grande vantagem nesse aspecto, pois a automatização auxilia na programação dessas manutenções e no acompanhamento da produtividade de cada equipamento.

Entretanto, ainda há empresas que não conseguiram implantar esse alto nível tecnológico, então, nesses casos, ficar atento à vida útil da máquina e se está fazendo o seu uso de forma correta é muito importante para evitar problemas na operação e custos extras para lidar com tais situações emergenciais.

Para obter mais ideias de como economizar recursos na indústria, confira também o material que preparamos sobre como a automação de processos economiza tempo e dinheiro na indústria de médio porte. 

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar