A Voz da Indústria faz parte da divisão Informa Markets da Informa PLC

Este site é operado por uma empresa ou empresas de propriedade da Informa PLC e todos os direitos autorais residem com eles. A sede da Informa PLC é 5 Howick Place, Londres SW1P 1WG. Registrado na Inglaterra e no País de Gales. Número 8860726.

Gestão financeira para donos de indústrias: em que focar?

gestão financeira para donos de indústria
Veja quais são os 3 pontos centrais e de grande importância para uma melhor gestão financeira para donos de indústrias.

O financeiro é uma das áreas mais importantes de uma indústria, já que, nela, são tomadas decisões que afetam todos os setores. Porém, quando o negócio é gerenciado pelo próprio empreendedor, a gestão financeira para donos de indústrias acaba exigindo mais tempo e dinheiro.

Orçamentos, pagamentos, compra e venda de matéria-prima, investimentos, despesas: são muitos os processos ligados ao financeiro. Por isso, a gestão financeira para donos de indústrias passa, necessariamente, por alguns pontos que merecem maior atenção.

Acompanhe e descubra quais são eles.

Gestão financeira para donos de indústrias: por que fazer?

A gestão financeira é uma das áreas mais importantes para qualquer indústria, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Esse é um setor que lida não apenas com os aspectos financeiros, mas também com os econômicos, gerenciais e contábeis do negócio.

“É por meio da gestão financeira que são tomadas as decisões e alinhamentos que exercem impacto sobre todas as demais áreas da empresa, bem como a sua sustentabilidade”, comenta Guilherme Pagotto, Sócio da O|S|P Contabilidade,

Exatamente por isso, a gestão financeira para donos de indústrias exige algumas competências essenciais.

“O dono da indústria precisa ter a capacidade de avaliar as demandas e contingências, alocar os recursos necessários – sejam eles materiais ou imateriais - conforme as demandas de cada setor, sempre de forma organizada e assertiva. Deve, também, ter capacidade de entender os custos envolvidos – inclusive tributos, taxas e outras obrigações”, complementa.

Vale ainda frisar que o fluxo de informações financeiras da indústria geralmente é imenso e diário, o que exige ainda mais do dono da indústria.

3 pontos da gestão financeira que merecem maior atenção do dono da indústria

A gestão financeira para donos de indústrias é baseada em três pontos que merecem a máxima atenção: organização do fluxo de caixa, separação das finanças pessoais e empresariais e planejamento de investimentos e custos.

Organização do fluxo de caixa

A gestão financeira em qualquer indústria tem o objetivo de melhorar os resultados financeiros da empresa, visando a lucratividade e a geração de riquezas, bem como a diminuição dos custos. Para isso, é preciso identificar os pontos críticos na produção e gerar estratégias de curto e longo prazo.

No entanto, um dos focos da gestão financeira na indústria é o fluxo de caixa, ou seja, o controle da entrada e da saída de dinheiro da empresa. Esse é um dos seus pilares centrais e merecem a máxima atenção do dono da indústria. Todas as informações de fluxo de caixa devem ser transparentes e estar disponíveis para que o dono possa ter a melhor tomada de decisão e projetar seus planejamentos.

Por essa razão, as informações do fluxo de caixa devem ser reais, confiáveis e continuamente atualizadas.

Separação das finanças pessoais e empresariais

Uma das grandes falhas de donos de indústrias, essencialmente aquelas de pequeno porte, é misturar o CPF com o CNPJ, ou seja, as finanças pessoais com as empresariais.

O ideal é organizar as finanças da empresa e documentar os dados de forma mais abrangente, ajudando o dono da indústria a separar estas duas esferas.

Planejamento de investimentos e custos

Na indústria, os custos devem ser monitorados constantemente, assim como outros aspectos financeiros da empresa. Somente assim a gestão financeira para donos de indústrias permitirá a eles fazer investimentos certos e segurar gastos.

“Quando há um controle e um monitoramento constante, é possível fazer um planejamento estratégico muito mais assertivo – que aponte direcionamentos para a execução dos processos - e que traga mais resultados para o negócio, inclusive para poder investir com mais congruência”, cita Pagotto.

Como donos de indústrias podem melhorar a gestão financeira?

Para que a gestão financeira para donos de indústrias seja mais eficiente, é importante adotar algumas medidas, como buscar conhecimentos constantes sobre gestão de negócios e jamais negligenciar o planejamento estratégico financeiro dos eu negócio. “O dono da indústria deve cruzar estas referências com a realidade da sua empresa”, diz Pagotto.

A gestão do orçamento e o fluxo de caixa, por sua vez, devem ser o ponto de partida para gerir adequadamente a indústria.

Além disso, há outras duas dicas para uma melhor gestão financeira para donos de indústrias:

  1. Compreender e se adequar à transformação digital - esse é um caminho sem volta para quem quer se destacar no mercado. O dono da indústria deve adotar recursos digitais para processos ainda mais ágeis.
  2. Contar com uma assessoria financeira e contábil, que o ajudará a identificar novas oportunidades de negócios.

E então, como você lida com a gestão financeira da sua indústria?

Ocultar comentários
account-default-image

Comments

  • Allowed HTML tags: <em> <strong> <blockquote> <br> <p>

Plain text

  • No HTML tags allowed.
  • Web page addresses and e-mail addresses turn into links automatically.
  • Lines and paragraphs break automatically.
Publicar